Esporte

Condenado por lavagem de dinheiro e tráfico, velejador finlandês perde vaga nas Olimpíadas

O Comitê Olímpico da Finlândia anunciou que o velejador Janne Järvinen, de 45 anos, perdeu a vaga para disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Rastro101
Com informações do Bahia Notícias

26/04/2021 por Redação

Divulgação/Bahia NotíciasDivulgação/Bahia Notícias O Comitê Olímpico da Finlândia anunciou que o velejador Janne Järvinen, de 45 anos, perdeu a vaga para disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. De acordo com o presidente da entidade, Jan Vapaavuori, o atleta não irá ao Japão por ter sido condenado a dois anos de prisão por ser considero cúmplice de um caso de lavagem de dinheiro e delitos ligados ao tráfico de drogas que teve o envolvimento de 53 pessoas.

 

"As acusações pelas quais Järvinen foi condenado no Tribunal Distrital de Helsinque são muito graves e contradizem os valores do Comitê Olímpico Internacional e as diretrizes éticas da comunidade esportiva, mesmo que não estejam diretamente relacionadas aos esportes", afirmou.

 

A condenação ainda não é definitiva e Järvinen disse que vai recorrer da decisão e apelar para recuperar a vaga olímpica. O velejador conquistou a classificação ao lado da parceira Sinem Kurtbay na classe Nacra 17, numa disputa continental europeia, realizada no mês passado. O torneio aconteceu antes do resultado da condenação.

 

Caso Janne Järvinen não consiga recuperar sua vaga, o jovem Akseli Keskinen, de 21 anos, será o substituto. Ele foi convocado pela Finlândia para formar dupla com Kurtbay. A abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio está marcada para o dia 23 de julho deste ano e o encerramento será 8 de agosto.

Link curto: https://bit.ly/3tTzFXd

TÓPICOS:
Bahia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu
'; $("#conteudoMateria br:eq(2)").after(pub); //$('#conteudoMateria').find('br:nth-child(1)').after(pub); });