Geral

Familiares de dentista eunapolitana que morreu atropelada participam de manifestação em Ilhéus

Eles farão um protesto em frente à delegacia, às 10h, e ao meio-dia irão interditar a BA-001, no local onde ocorreu o atropelamento, pedindo justiça e segurança no trânsito

.

Radar64
15/06/2022 por RADAR64

Divulgação/Radar64Divulgação/Radar64

Cerca de 60 familiares da dentista eunapolitana Ranitla Scaramussa Bonella, de 23 anos, que morreu atropelada no último sábado (11), saíram de Eunápolis rumo a Ilhéus, onde irão participar, nesta quarta-feira (15), de manifestação em prol de justiça e segurança no trânsito. A jovem foi atropelada quando atravessava em uma faixa de segurança no trecho urbano da BA-001, em Ilhéus.


De acordo com o padrasto de Ranitla, Gabriel Delani, às 10h haverá um ato em frente à delegacia de Ilhéus para pedir que o caso não fique impune e que o condutor não faça mais uma vítima e mais uma família sofrer.


Ao meio-dia, a manifestação será na BA-001, em frente à Faculdade de Ilhéus, onde ocorreu o atropelamento, na zona sul da cidade. Durante o protesto, as duas vias serão interditadas e, a cada cinco minutos, será liberada a passagem de veículos.


Amigos e familiares de Ranitla cobram empenho da polícia nas investigações

VEREADOR ALERTOU PARA RISCO – A duplicação da BA-001 em Ilhéus foi entregue há um ano, aumentando o risco na rodovia. Um dos que alertaram sobre o perigo iminente foi o vereador de Ilhéus Tandick Resende de Moraes Júnior, conhecido como Dr. Tandick. “Desde que assumimos o mandato, tentamos de todas as formas alertar sobre a total insegurança da pista duplicada aqui na zona Sul de Ilhéus, mas infelizmente, por negligencia das autoridades quanto ao risco de mortes por acidente naquela via, nada foi feito, e agora tivemos que perder uma vida preciosa para que as atenções estejam voltadas para uma melhor segurança no trânsito”, escreveu em suas redes sociais.


EMPRESÁRIO SE APRESENTA E É LIBERADO – O empresário que atropelou e matou Ranitla se apresentou na segunda-feira (13) à Polícia Civil de Ilhéus. Ele estava desaparecido desde o dia do acidente.


Tharciso Romeiro chegou para depor na delegacia acompanhado de dois advogados

Segundo informações da delegada Katiana Amorim, que comanda a investigação, Tharciso Romeiro Santiago Aguiar, 38 anos, prestou depoimento e foi liberado para responder em liberdade. A delegada disse que o motorista confessou ter atropelado a vítima. O inquérito tem prazo de 30 dias para a conclusão.


MORTA NA FAIXA DE SEGURANÇA – Ranitla atravessava uma faixa de pedestre, na tarde do último sábado, quando foi atingida por um carro da marca Mercedes-Benz.


Um vídeo mostra que, logo após o atropelamento, o condutor parou o veículo, desceu, olhou para o estado da vítima e, em seguida, saiu falando ao celular. O motorista afirmou que não ficou no local do acidente com receio de ser agredido, pois algumas pessoas teriam começado a xingá-lo.


A jovem morava e trabalhava na cidade de Eunápolis, mas estava indo a Ilhéus frequentemente realizar uma especialização em ortodontia.


.


Link curto: https://bit.ly/3zz7UZI

TÓPICOS:
Radar64

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu