Geral

Rússia expulsa 36 diplomatas europeus como medida de represália

Tratam-se de 21 diplomatas belgas e 15 holandeses, entre eles 14 empregados da embaixada holandesa em Moscou

Rastro101
Com informações do site O Tempo

19/04/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoA Rússia anunciou, nesta terça-feira (19), a expulsão de 36 diplomatas belgas e holandeses, como resposta a medidas similares tomadas por seus respectivos países após a ofensiva de Moscou na Ucrânia. 

Tratam-se de 21 diplomatas belgas e 15 holandeses, entre eles 14 empregados da embaixada holandesa em Moscou e um do consulado em São Petersburgo (nordeste), segundo um comunicado do ministério russo das Relações Exteriores. 

Todos eles terão duas semanas para sair da Rússia, indicou a mesma fonte. 

A diplomacia russa também disse que havia convocado o embaixador de Luxemburgo, nesta terça-feira, para protestar energicamente pela expulsão de um diplomata russo por parte desse país.

A Rússia se reserva ao direito de tomar medidas de represália contra esta expulsão inamistosa e infundada, acrescentou o comunicado do ministério. 

Em uma declaração, o ministro das Relações Exteriores da Holanda, Wopke Hoekstra, disse que lamenta a medida de Moscou. 

Agora veremos quais são as consequências de que tantos colegas tenham que abandonar Moscou e São Petersburgo, apontou. 

Nas últimas semanas, outros países europeus, como Alemanha, França, Itália e Espanha, expulsaram diversos diplomatas russos. 

Em alguns casos, estas expulsões pretendiam responder oficialmente à eclosão do conflito na Ucrânia por parte das forças russas e aos abusos de que são acusadas pelo Ocidente.  Em outros casos, iam acompanhadas de acusações de espionagem. 

Moscou, por sua vez, prometeu responder a cada uma destas expulsões.  A Rússia já expulsou diversos diplomatas europeus como represália. 

Link curto: https://bit.ly/3JVtpp7

TÓPICOS:
Resposta

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu