Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 05/10/2015, por Redação Atualizado: 06/10/2015 às 11h00, por Redação

Crimes 9

Ação da polícia em Itagimirim deixa dois bandidos presos e um baleado

Bando estava sendo monitorado pela polícia por mais de 10 horas. Ação envolveu polícia de Itagimirim e Eunápolis.

Redação Rastro101

Arlon Nascimento e Fabrício Marques se entregaram após perseguição. (Divulgação/PM) Arlon Nascimento e Fabrício Marques se entregaram após perseguição. (Divulgação/PM)

Uma operação realizada pela Polícia Militar de Itagimirim, que contou com o apoio do Pelotão Especial da 7ª CIPM de Eunápolis (PETO), realizado no início da noite desta segunda-feira (5), terminou com a prisão de três bandidos, um deles foi baleado em troca de tiros. A operação, batizada de "Operação Patati", faz parte de uma ação da polícia para combater o tráfico de drogas na cidade.

A polícia informou que o bando já estava sendo monitorado desde a madrugada em uma fazenda próximo à Itagimirim. Eles continuaram sendo observados durante todo o dia, e no início da noite, o grupo tentou sair em um UNO que também estava sendo monitorado. Eles receberam ordem para parar, mas não obedeceram e seguiram pela BR-101 em direção à Eunápolis. Durante a perseguição, já na entrada de Eunápolis, os bandidos não conseguiram ultrapassar um caminhão, e acabaram parando. O motorista e o carona se renderam, dispensando as armas pela janela, mas "Patati" começou a trocar tiros com a polícia.

Foram detidos Arlon Santana do Nascimento, 26 anos, Fabrício Quirino Marques, 22 anos, e Thierre da Cunha Ribeiro, 19 anos, mais conhecido como "Patati", membro da facção criminosa MPA de Porto Seguro. "Patati" foi baleado em troca de tiros com a polícia e encaminhado para o hospital em Eunápolis, onde passaria por cirurgia.

Thierre, vulgo Patati, foi baleado em confronto com a polícia. (Foto: Arquivo Rastro101 e Via41)Thierre, vulgo Patati, foi baleado em confronto com a polícia. (Foto: Site Via41 e Arquivo Rastro101)

Com os elementos foi encontrado drogas, armas, e aparelho de celular. De acordo com o delegado Hermano Costa, o procedimento foi feito na Delegacia de Eunápolis e os suspeitos serão indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de fogo e crime de resistência.

ÁLBUM
Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Crime Troca Tiros Baleado Tráfico Drogas Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.