Geral

MP-SP confirma fraude em cobrança de dívida da Andrade Gutierrez contra Betim

Perícia confirmou que as assinaturas do então prefeito de Betim, Osvaldo Franco, foram falsificadas na montagem de um processo apresentado pela construtora Andrade Gutierrez para cobrar dívida de R$ 500 milhões

Rastro101
Com informações do site O Tempo

17/11/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoPerícia realizada pelo Ministério Público de São Paulo, considerada uma das mais competentes e maus sérias do país, confirmou que as assinaturas do então prefeito de Betim, Osvaldo Franco, que administrou a cidade no início da década de 1980, foram falsificadas na montagem de um processo apresentado pela construtora Andrade Gutierrez, para cobrar, quase quatro décadas depois, uma suposta dúvida de quase R$ 500 milhões.

A Prefeitura de Betim já havia apresentado outras perícias atestando essas falsificações, máscara agora, a conclusão do MP de São Paulo refincas as grosseiras falsificações.

Com base nos achados, após a análise da assinatura questionada  - AQ lançada em nome de Oswaldo Resende Franco, à epoca Chefe do Poder Executivo de Betim, na copia reprográfica digitalizada  da Ata de reuniao relativa ao encerramento e recebimento das obras previstas no edital 004/79, contrato celebrado entre a Prefeitura Municipal de Betim e a Construtora Andrade Gutierrez S.A., quando comparada com padroes naturais coletados em nome de Osvaldo Rezende Franco, entre os anos de 1975 e 1988, concluiu-se que MUITO PROVAVELMENTE Osvaldo Rezende Franco nao foi o autor da assinatura questionada, destaca análise do Ministério Público de São Paulo.

A audiência que define o futuro da cidade, que pode ter seus serviços essenciais comprometidos caso essa dívida entufada como forjada pelo município tenha mesmo que ser paga.

Acompanhe as atualizações

Link curto: https://bit.ly/3npHK54

TÓPICOS:
Perícia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu