Geral

Prado: Após cinco dias do ataque em assentamento, coordenadora da 8ª COORPIN solicita perícia de local à Polícia Técnica (

Polícia - com informações do LiberdadeNews

Rastro101
Com informações do LiberdadeNews

04/11/2021 por Redação

/

Prado: A Reportagem do Liberdade News apurou na manhã desta quinta-feira, 04 de novembro, que após 05 cinco dias do ataque no assentamento São João, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na cidade de Prado, a coordenadora da 8ª COORPIN, Drª Valéria Chaves, solicitou ao Departamento da Polícia Técnica (DPT), uma perícia no local do atentado.

/

Peritos da Polícia Técnica (DPT) se fizeram presentes, munidos de equipamentos específicos, para um resultado de perícia mais urgente. A reportagem também apurou que o prazo do resultado final pode acontecer em 10 (dez) dias, havendo possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

/

A medida foi determinada pelo secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, na última terça-feira (02). O caso tem repercutido a nível nacional, e após 05 dias do ocorrido, a Polícia Civil da Bahia (8ª COORPIN) vai estar no local para procedimentos de praxe.

Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews

Matérias relacionadas

Após ataque, secretário ordena reforço da segurança em assentamento do MST em Prado

Tiros e incêndio: Moradores da Comunidade do Assentamento São João em Prado sofrem atentado

Link curto: https://bit.ly/3k6ULOK

TÓPICOS:
Bahia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu