Cidadania

Empresa Naturaves apoia competição de ciclismo na região

O #MovimentoVidaSaudável foi lançado durante a competição.

Assessoria de Comunicação
Diego Garcia - Naturaves

27/10/2021 por Redação, atualizado em 27/10/2021 às 11h41 por Redação

DivulgaçãoDivulgaçãoDomingo é dia de ficar em casa e o clima chuvoso até pede sofá e o cobertor. Mas, para 134 ciclistas de diversas cidades baianas, neste domingo, 24, estava perfeito para viver intensas emoções no primeiro Desafio Lagas, em Eunápolis.

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
Seguindo os protocolos de saúde e exigências da Federação Baiana de Ciclismo, 15 categorias largaram às 8h da Associação Master de Eunápolis, rumo aos percursos de 80km e 43km. Ciclistas e bikes deram um novo tom às paisagens naturais da zona rural do município.

Simultaneamente à competição, a Naturaves - empresa eunapolitana de frango e ovos – apoiadora do evento, lançou o projeto #MovimentoVidaSaudável em live ao vivo transmitido pela internet. Na transmissão, quem estava aproveitando o domingo em casa conheceu o projeto, boas histórias de atletas, produtos saudáveis e curtiu participação musical da cantora Juliana Amorim.

DIÊGO GARCIA (ESQUERDA) - GENILTON FANTIN (DIREITA)DIÊGO GARCIA (ESQUERDA) - GENILTON FANTIN (DIREITA)

Representando a Naturaves, o gerente de agropecuária, Genilton Fantin, avaliou positivamente a realização, o evento e ,sobretudo, o incentivo ao esporte. “O Desafio Lagas é um evento promissor. E eventos assim, precisam ser mantidos, desenvolvidos, para fomentar o bem-estar, promovendo a integração de pessoas, geração conhecimento sobre um estilo de vida mais leve e saudável, principalmente, quando grandes empresas, como a Naturaves, enxerga esse potencial e decide apoiar”, disse.

Fantin ainda desmistificou um mito comum sobre a produção de frangos. Segundo ele, o que há hoje é muito estudo e tecnologia para abastecer o mercado de aves. “A produção de frango está estabelecida em investimentos diretos em genética, nutrição, ambiência e sanidade do animal. Então, falando especificamente de Naturaves, o frango que chega à mesa dos baianos é fruto desses parâmetros e padrões internacionais de qualidade. Além disso, é uma carne branca, que contribui muito para a nossa saúde, a saúde de quem pratica esporte”, destacou.

Naturaves apoia competição de ciclismoNaturaves apoia competição de ciclismo

O Desafio Lagas reuniu gerações e figuras amantes do pedal por diversos motivos. Entre eles, Valmir Feijó, convidado para contar sua experiência em viagens de longa distância de bicicleta. Com 76 anos, o Vovô Garoto, como é popularmente conhecido na cidade, é um incentivador da modalidade esportiva.

E foi entre os grandes e mais experientes, que o adolescente Guilbert Oliver dos Santos, decidiu passar o domingo. Aos 12 anos, Guilbert é o ciclista mais jovem inscrito na competição, conforme dados da arbitragem. Apoiado pelo pai, Genivaldo Pontes, o adolescente competiu na Categoria Turismo, percurso de 43 km.

O percurso
O primeiro Desafio Lagas mobilizou atletas de 21 cidades baianas e de três estados diferentes. Em um percurso de 80Km e 2000m de elevação, além de competirem, os ciclistas conseguiram explorar com muita emoção o ponto mais alto do território de Eunápolis, passando pela Subida do Visual, Trilha da Cabra, Subida do Mirante, Subida do Cotovelo, Trilha do Itu e Rio do Peixe.

No percurso, foram disponibilizados apoio mecânico, ambulância com atendimento médico e hidratação em três pontos diferentes. De acordo com a organização, a próxima edição já está sendo pensada. “Estou muito satisfeito com a adesão dos atletas no primeiro Desafio Lagas e aprendemos muito em cada etapa na realização desse evento. O plano é levar todo esse aprendizado para a próxima edição, que estamos estudando,” contou Rafael Lagares, organizador do evento.

Estrutura do desafio
A organização do evento disponibilizou nos circuitos – 80km e 43km -, equipe técnica, médica – com serviço de ambulância - e de incentivo, mais conhecido no mundo do pedal como may day. Na largada, em parceria com instituição de ensino superior da cidade, foram instalados stands com profissionais de fisioterapia, nutrição e biomedicina, disponibilizando atendimento com massagem e alongamento, avaliação nutricional e aferição de sinais clínico - como pressão, oxigenação do sangue e glicemia.

Pedal feminino
A Ana Caroline Torres participou do Desafio Lagas levando o primeiro lugar da Categoria Turismo. Encarando sua terceira competição, a atleta pedalou 43km em 2h39. Segundo a ciclista, a condição do clima no dia dificultou o desempenho em alguns trechos, exigindo mais controle na respiração e hidratação. Ela frisa ainda o quanto o preparo psicológico e apoio dos amigos do percurso são fundamentais para avançar os trechos mais difíceis.

Durante a live, a Cacau, como é mais conhecida no esporte, lembrou o quanto a prática do ciclismo a ajudou superar a ansiedade e a tristeza em alguns momentos da vida, valorizando a prática do esporte. Nesta edição do Desafio Lagas, participaram 16 atletas conforme arbitragem da Federação Baiana de Ciclismo.

A realização do Desafio Lagas objetiva validação e supervisão de arbitragem da Federação Baiana de Ciclismo. “Esses eventos são de grande importância para o atleta e para a cidade que sedia esses encontros, porque, além de fomentar a modalidade esportiva, ajuda a movimentar a economia também, no setor da alimentação, peças, acessórios e serviços, e hospedagem”, considerou Antônio Nogueira, diretor e árbitro da federação.

Link curto: https://bit.ly/2ZuraIi

TÓPICOS:
Ciclismo Naturaves Esporte Bike

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu