Geral

Festival Curau dá início nesta quinta à sua 9ª edição, agora online

A essência do evento, que é realizado desde 2012, é valorizar a cultura popular, não só a tradicional, como também as linguagens contemporâneas de origem popular, como o hip hop

Rastro101
Com informações do site O Tempo

14/10/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoTem início nesta quinta, dia 14, prosseguindo até o domingo, 17 a nona edição do Festival Curau, que programa shows, oficinas, cursos, programação para criança e feira de economia solidária. Há nove anos a iniciativa celebra o encontro entre as culturas populares tradicionais e contemporâneas. A diferença, agora, é que, após oito edições na beira do rio Piracicaba, o evento será realizado pela primeira vez em formato online. Segundo Mari Pedrozo representante do Instituto Curau, o público poderá imergir no espaço tempo Festival Curau, sentir o som dos tambores, das vozes, dos guaiás, das rimas e se emocionar a partir de prosas, oficinas, encontros e shows inéditos realizados de forma criativa no ambiente online”. 

Mayra Kristina, também integrante do Instituto, completa: “a tradicional Feira de Economia Solidária, que reúne empreendimentos de Piracicaba e Região, não ficará de fora e pela primeira vez estará site do Instituto Curau, com uma grande diversidade de produtos da cultura local”. A programação é inteiramente gratuita, com shows de artistas como Juçara Marçal e Kico Dinucci, que apresentarão o disco Padê, junto ao Batuque de Umbigada de Capivari, das MC’s Tasha e Tracie, Bia Ferreira, Ellen Oléria, entre outros.

Os cursos, oficinas, rodas de conversa e a programação infantil giram em torno das culturas populares, tradicionais, indígenas, negras e de seus protagonistas e linguagens. Este é o caso, por exemplo, do Desfile da Beleza Preta, que mostrará a pluralidade das mulheres negras, valorizando a sua identidade, ancestralidade e beleza, ou da roda de conversa Encontro Mestras e Mestres da Rima, que explora a ligação entre três linguagens da cultura popular: o rap, o repente e o cururu. Ainda, para as crianças, na oficina Brincando de Antirracismo, os pequenos serão convidados a conhecer mais sobre a cultura negra, em jogos e brincadeiras africanas e afro-brasileiras.

Os shows e as rodas de prosa que compõem a programação devem ser acessados no Youtube do Festival - www.youtube.com/festivalcurau - nos horários estipulados, com exceção da apresentação de Tasha e Tracie, transmitida no canal do SESC Piracicaba - https://www.youtube.com/user/SescPiracicaba. As oficinas e minicursos, por sua vez, serão realizados via chamada de vídeo, e têm necessidade de inscrição prévia para participação, no site oficial do Festival – www.institutocurau.com.br. A Feira de Economia Solidária, também poderá ser acessada a partir do site do instituto. 

Sobre o Festival Curau – Culturas Regionais e Artes Urbanas.  O projeto é realizado de maneira colaborativa desde 2012 sob coordenação do Instituto Curau, formado por um grupo artistas e produtores piracicabanos, em parceria com instituições públicas e privadas, grupos, coletivos, bandas e mestres da cultura popular de Piracicaba. Já passaram pelo palco do festival nestes oito anos de realização artistas como B Negão e os Seletores da Frequência, Thaíde Fanta Konatê, GOG, Banda de Pífanos de Caruaru, Dub Fx (Austrália), Mundo Livre SA, Metá Metá, Orquestra Contemporânea de Olinda, Mestre Môa do Katendê, Ilú Obá de Min, Francisco El Hombre, Lia de Itamaracá, Luedji Luna, Drik Barbosa, entre outros. Em sua última edição o projeto contou com 50 horas de programação gratuita, e um público de aproximadamente 10 mil pessoas, na somatória dos oito anos foram mais 200 atividades gratuitas para cerca de 65 mil participantes.

Serviço

Festival Curau – Culturas Regionais e Artes Urbanas

De 14 a 17 de outubro (quinta-feira a domingo) Inteiramente gratuito

Shows: devem ser acessados no Youtube do Festival - https://www.youtube.com/user/Coletivopiracema - com exceção da apresentação de Tasha e Traice, transmitida no canal do SESC Piracicaba - https://www.youtube.com/user/SescPiracicaba
 

Rodas de prosa: também devem ser acessadas no Youtube do Festival, sem necessidade de inscrição previa para participação Oficinas e minicursos: realizados via chamada de vídeo, têm necessidade de inscrição prévia para participação, no site oficial do Festival – www.institutocurau.com.br

Programação- Festival Curau dia a dia
14 a 17 de outubro (quinta-feira a domingo)

Quinta-Feira (14/10)
17h - Oficina de rimas, com Daniel Garnet
19h - Encontro Mestras e Mestres da Rima - Rap, Repente e Cururu
- Prosa ao vivo com Bule Bule, Jéssica Caitano, Afrow e Daniel Garnet
- Apresentação de Cururu Piracicabano, com Luizão do Pau D’alho, Mauro Bortoleto e Donizete Violeiro
21h - show de Tasha e Tracie 

Sexta-Feira (15/10)
19h - Encontro da Beleza Preta
- Roda de prosa “Body positive” - com Genize Ribeiro, mediação Dayy Adaffe (coletivo Beleza Preta)
- Desfile da Beleza Preta 
21h - show com Ellen Oléria, Diego Moraes, Rafael Beibi e Caipira Jazz Duo

Sábado (16/10)
Oficinas de Dança (presencial, na Casa do Hip Hop de Piracicaba)
10h - Dancehall Hip Hop e Ragga, com Tay Corvinus
14h - Dança Afro, com Marcinha Vila Africa 

Infantil
10h - Brincadeiras musicais, com Christian Felix
11h - Brincando de antirracismo, com Fabiano Maranhão

Minicursos
14h - Monte seu brechó, com Passamanaria Brechó
16h - PRETOS, PRUSSIANOS, ÍNDIOS E CAIPIRAS: Culturas e identidades nos arredores de São Paulo. Séculos XVIII ao XXI, com Salloma Salomão

Shows
19h - Alessandro Penezzi e Arnaldo Freitas
19h50 - Maikão
20h40 - Bia Ferreira

Domingo (17/10)
Oficinas de Dança (presencial, na Casa do Hip Hop de Piracicaba)
10h - Dancehall Hip Hop e Ragga, com Tay Corvinus
14h - Dança Afro, com Marcinha Vila Africa 
Infantil
10h - Contação de histórias, com Evair Souza
11h - Show brincante, com Cakarecos
Minicursos
14h - Monte seu brechó, com Passamanaria Brechó
16h - PRETOS, PRUSSIANOS, ÍNDIOS E CAIPIRAS: Culturas e identidades nos arredores de São Paulo. Séculos XVIII ao XXI, com Salloma Salomão

Shows 
18h - Filhos da Terra: Baque Caipira e Kariri-xocó
19h - Juçara Marçal e Kiko Dinucci, com participação do Batuque de Umbigada Guaiá de Capivari

Link curto: https://bit.ly/3v9YJe1

TÓPICOS:
Gratuito

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu