Esporte

Militares acusados por matar músico com 80 tiros no Rio, serão julgados amanhã

Os 12 militares do Exército Brasileiro, que são denunciados pelo assassinato do músico Evaldo Rosa dos Santos,  devem ser julgados pela Justiça Militar da União na próxima quarta-feira (13)

Rastro101
Com informações do Bahia Notícias

12/10/2021 por Redação

Divulgação/Bahia NotíciasDivulgação/Bahia Notícias Os 12 militares do Exército Brasileiro, que são denunciados pelo assassinato do músico Evaldo Rosa dos Santos,  devem ser julgados pela Justiça Militar da União na próxima quarta-feira (13). O músico estava em um carro alvejado com mais de 80 tiros no Rio de Janeiro. Junto com ele estava o catador de recicláveis Luciano Macedo, baleado ao tentar ajudar a família que estava no veículo. 

 

Os militares respondem ao processo em liberdade enquanto aguardam o julgamento, já adiado por três vezes. Conforme divulgou o portal UOL, em 2019 os militares foram denunciados por homicídio qualificado, tentativa de homicídio e omissão de socorro.

 

No dia do homicídio, o músico estava a caminho de um chá de bebê quando passou por patrulha na região da Vila Militar em Guadalupe, na zona norte da cidade, onde foi atingido pelos tiros. A denúncia contabilizou 257 tiros de fuzil de pistola.

 

No carro da vítima também estavam a esposa dele, o filho e o sogro. Evaldo morreu no local. De acordo com a Procuradoria de Justiça Militar no Rio de Janeiro, não houve ordem para o carro parar e não havia posto de bloqueio ou blitz na estrada. O catador Luciano Macedo, que passava a pé pelo local, também foi atingido e morreu dias depois.

Link curto: https://bit.ly/3BHw2aU

TÓPICOS:
Bahia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu