Geral

No centro do tiroteio II

A CPI vai ter seu prazo estendido, porque os parlamentares querem saber quem comandou as primeiras tratativas que se iniciaram em agosto de 2019, com o claro objetivo de privatizar aquela que ainda hoje é a maior empresa do patrimônio público de Minas

Rastro101
Com informações do site O Tempo

30/09/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoMas se o governador Romeu Zema não quer se imiscuir em problemas que possam comprometer sua imagem de gestor público, o presidente da Cemig, Reynaldo Passanezi, também não.

E se sabe estar em preparo uma coletânea que vai colocar no colo do Novo a responsabilidade por decisões e fatos pesados para serem carregados por um só responsável.

Mas isso não é tudo. A CPI vai ter seu prazo estendido, porque os parlamentares querem saber quem comandou as primeiras tratativas que se iniciaram em agosto de 2019, com o claro objetivo de privatizar aquela que ainda hoje é a maior empresa do patrimônio público de Minas Gerais.

Link curto: https://bit.ly/3F3li8K

TÓPICOS:
Assembleia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu