Geral

Senado aprova R$ 2,8 bilhões para reestruturação da CBTU

Valor bilionário deve ser usado para sanar dívidas da companhia e em empresa que será criada para manutenção do metrô de BH

Rastro101
Com informações do site O Tempo

27/09/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoO Senado aprovou, na noite desta segunda-feira (27), a aplicação de 2,8 bilhões para a reestruturação da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). O aporte será feito para empresa que ainda será criada com o objetivo de desestatizar o metrô de Belo Horizonte.

A expectativa é que parte da verba aplicada na cisão da CBTU seja utilizada para o início da reforma da linha 1 do metrô de Belo Horizonte e a aguardada construção da linha 2 (Calafate-Barreiro). As obras podem levar, sem atrasos, quatro anos.

No entanto, o presidente do Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais, Romeu Machado Neto, afirma que a dívida da CBTU, que gira em torno de R$ 2 bilhões, pode dificultar o uso da verba para as obras.

 

 restante da verba deve ficar para aplicação na empresa que será criada, junto com R$ 400 milhões já reservados pelo governo de Minas Gerais.

Como a proposta já tinha sido aprovada pela Câmara dos Deputados, agora falta o aval do presidente Jair Bolsonaro para que o recurso seja liberado.

No mesmo projeto, há orçamento para outras obras em Minas Gerais, como a construção de trechos rodoviários na BR-153, em Itacarambi, divisa de Minas com Bahia, na BR-265, entre Jacuí e Alpinópolis. Há também previsão de adequação rodoviária nos entroncamentos das BRs 050 e 153, em Minas.

Ao menos R$ 30 milhões serão destinados para o setor agropecuário em Limeira do Oeste, no Triângulo Mineiro.

Link curto: https://bit.ly/3ujKDGE

TÓPICOS:
Pré-privatização

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu