Geral

Mulheres indígenas fazem marcha em Brasília em frente ao prédio da Funai

Elas são contra a tese do marco temporal, sobre terras de povos originários

Rastro101
Com informações do site O Tempo

10/09/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoCerca de 5 mil mulheres indígenas fazem marcha em Brasília nesta sexta-feira (10) rumo ao ao prédio da Fundação Nacional do Índio (Funai). O da tese do marco temporal, sobre demarcação de terras de povos originários é a principal reivindicação do grupo.

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga sobre o marco temporal em demarcações de terras indígnas desde o dia 26 de agosto. Segundo a tese contestada pelos índios, esses povos só poderão reivindicar a área das aldeias se eles tiveram ocupado essas terras antes da promulgação da Constituição de 1988. O ministro Fachin é relator do caso.

Segundo dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), o país atualmente tem 172 povos divididos em todos os biomas do território nacional. Ainda de acordo com os dados da Apib, nas aldeias brasileiras moram crianças, jovens, adultos e idosos, ou seja, indígenas de várias gerações. 

A Marcha Nacional das Mulheres Indíngenas acontece pelo segunda vez, sendo que a primeira delas foi realizada em setembro de 2019, também em Brasília.

Neste ano, o tema do protesto é  Reflorestando mentes para curar a terra. A primeira marcha das mulheres indígenas teve como tema Território: nosso corpo, nosso espírito.

Link curto: https://bit.ly/3BR9Ryy

TÓPICOS:
Nas Ruas

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu