Geral

Mourão admite falha do governo por não fazer campanha 'firme' sobre a pandemia

Para ele, faltou 'campanha de esclarecimento firme, como tivemos no passado, de outras vacinas'

Rastro101
Com informações do site O Tempo

23/06/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoO vice-presidente da República, Hamilton Mourão, avaliou que o maior erro do governo federal até ao momento foi não ter feito uma campanha firme em relação à Covid-19, para educar a população, sobretudo. Ele fez o comentário em entrevista a Roberto D’Avila, na Globonews, na noite desta quarta-feira (23).

Vou dizer para ti qual é o nosso maior erro. Na minha visão, a questão da comunicação, desde o ano passado, de campanhas de esclarecimento da população. Eu acho que este foi o grande erro: (não ter feito) uma campanha de esclarecimento firme, como tivemos no passado, de outras vacinas, disse Mourão.

No entanto, ele minimizou, em diferentes momentos da entrevista, a atuação do presidente Jair Bolsonaro e disse que não viu atitude dele que fosse prejudicial à nação como um todo, ponderou.

Eu não coloco nas costas do presidente essas coisas que têm acontecido. Cada um tem a sua parcela de erro nesse pacote todo aí. É um país desigual: desigual regionalmente e desigual socioeconomicamente, disse.

Entre os outros temas abordados, ele comentou a atuação do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, e o elogiou, mas ponderou que deveria ter se afastado mais do Exército.

Tenho apreço, me ajudou em momentos difíceis. Pazuello deveria ter compreendido que estava em função política, já tinha atingido o patamar mais elevado (no Exército, o de general), e era hora de ir para a reserva. Teria mais liberdade de manobra para trabalhar, disse.

Link curto: https://bit.ly/2TXFfuo

TÓPICOS:
Entrevista

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu