Geral

Covid: IFA para vacinas Astrazeneca e Coronavac chega nesta semana no Brasil

Enquanto Fiocruz espera remessa para esta quarta-feira, Butantan aguarda lote para sábado

Rastro101
Com informações do site O Tempo

22/06/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoOs laboratórios Butantan e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que produzem as vacinas contra Covid-19 no Brasil (Coronavac e Astrazeneca, respectivamente), aguardam a entrega da Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para esta semana.

Na quarta-feira (23), está prevista a chegada, no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Rio-Galeão), de carga de IFA para a produção de cerca de 5,8 milhões de doses Astrazeneca. Com a nova remessa, passam a ficar asseguradas entregas semanais até 16 de julho, informou o Fiocruz em nota.

A AstraZeneca tem garantido entregas mensais de lotes de IFA, conforme acordado. A Fiocruz aguarda confirmação da possibilidade de aceleração das próximas remessas de IFA, uma vez que a instituição permanece com capacidade de produção superior à de disponibilização do insumo, completou.

O último lote de vacinas entregue pela Fiocruz ao Programa Nacional de Imunizações foi na sexta-feira (18), quando foram repassadas cerca de 5 milhões de doses ao Ministério da Saúde. Ao todo, a Fundação já produziu cerca de 54,8 milhões (outras 4 milhões de doses Astrazeneca foram importadas prontas do Instituto Serum, da Índia).

Butantan
Já no próximo sábado (26), é a vez do Butantan receber 6 mil litros de IFA, que, segundo o instituto, são suficientes para produzir 10 milhões de doses Coronavac - que começarão a ser entregues a partir de 15 de julho. 

Na sexta-feira, houve a saída de um novo lote de 2,2 milhões de doses da CoronaVac ao PNI. O Butantan já transferiu, ao Ministério da Sáude, 52,212 milhões de doses de vacina contra a Covid-19

Relembre
O Butantan teve a produção paralisada de Coronavac entre 14 de maio e 27 de maio, após a matéria-prima chegar ao país em 25 de maio, e só voltou a entregar doses ao Ministério da Saúde no último dia 11 de junho, devido ao tempo necessário para o processamento da IFA.  A Fiocruz, por sua vez, precisou desligar as máquinas no dia 20 de maio, mas as religou dias depois, no dia 25 de maio, após chegada da IFA no dia 22 de maio.

Link curto: https://bit.ly/2UvwkAZ

TÓPICOS:
Regulares

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu