Geral

Ilhas Maldivas oferecerão vacina contra a Covid a turistas e férias paradisíacas

Ideia é que programa de incentivo ao turismo seja iniciado quando toda a população, de cerca de 540 mil pessoas, estiver imunizada contra o coronavírus

Rastro101
Com informações do site O Tempo

20/04/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoDesfrutar de uma viagem pelas paisagens mais estonteantes do Oceano Índico e ainda ser vacinado contra a Covid-19. Esta é a proposta que as Ilhas Maldivas, na Ásia, oferecem a turistas como forma de estimular o turismo, carro chefe na economia do país. 

O turismo de vacinas é uma visão do presidente do país, Ibrahim Mohamed Solih. Planejamos executá-lo de forma semelhante ao turismo médico, disse o ministro do Turismo das Maldivas, Abdulla Mausoom, à agência EFE nesta segunda-feira (19).

O programa de incentivo foi chamado de “3V”, ou “triplo V”, que representa “visita, vacinação e férias”, em referência à palavra em inglês, “vacation”.

A ideia é que ele seja iniciado quando toda a população, de cerca de 540 mil pessoas, estiver imunizada contra o coronavírus, frisou o ministro. O chefe da pasta ainda alegou que turistas poderão “escolher” qual vacina, dentre as disponíveis nas Maldivas, preferem para a inoculação.

O entorno dos complexos hoteleiros é perfeitamente seguro para a vacinação. Os turistas podem ficar por cinco a oito semanas, receber a segunda dose ou sair e voltar para a segunda dose, deatalhou Maussom. O país registrou mais de 26 mil casos confirmados de Covid-19 e 70 mortes desde o início da pandemia. 

Quase metade da população recebeu a primeira dose dos imunizantes – de Astrazeneca/Oxford, Sinopharm e Pfizer – com 280 mil aplicações. Até esta segunda, 40.230 pessoas haviam sido inoculadas com as duas administrações necessárias para imunização. 

Link curto: https://bit.ly/3gpP8KM

TÓPICOS:
"3v"

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu