Geral

Carla Diaz terá que prestar depoimento como vítima de preconceito racial

Ex-participante do ‘BBB 21’ disse ter sido surpreendida por policiais e afirmou não ter mais detalhes sobre o caso

Rastro101
Com informações do site O Tempo

08/04/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoA ex-BBB Carla Diaz revelou através das redes sociais nesta quinta (8), que foi intimada como vítima em um processo sobre injúria racial. Segundo a atriz, ela recebeu a visita de oficiais da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) no Rio de Janeiro, e foi convocada a prestar depoimento sobre o caso na condição de vítima de preconceito. Porém, Carla Diaz afirma que não foi ela quem abriu a queixa.

Eu levei um susto, óbvio, até porque alguém pediu para a delegacia instaurar um inquérito, e eu vou ter que prestar esclarecimento sobre um procedimento de preconceito racial. Sim, como se eu fosse a vítima, escreveu a ex-BBB.

A atriz seguiu dizendo que não tinha detalhes sobre quem pediu o inquérito. Quero dizer que eu acho isso tudo um absurdo, tá? Não tenho mais detalhes, o meu advogado já está vendo isso, afirmou.

O documento aponta a loira como vítima e cita episódios ocorridos no “BBB 21”, denunciando Lumena Aleluia por comentários feitos sobre Carla. Em diferentes ocasiões, a psicóloga criticou a colega de confinamento, dizendo que ela era “toda cagada na branquitude” e também se referindo à contratada da TV Globo como “desbotada e sem melanina“.

Carla ainda, no entanto, se posicionou veemente contra a ideia de “racismo reverso” – o suposto racismo contra brancos. “Acho importante afirmar aqui que racismo reverso não existe. Gente, por favor, vamos ler, vamos nos informar. A Internet está aqui para isso. O programa debateu racismo a semana toda. Estou muito chateada com essa situação, ainda mais porque tudo isso começou quando eu ainda estava na casa. Usaram meu nome, sem meu conhecimento, para me colocar nessa situação”, pontuou.

Por fim, Carla disse que manteria seus fãs atualizados conforme recebesse mais informações sobre o episódio.

Racismo foi pauta no BBB nesta semana

O tema do racismo foi amplamente discutido no reality show nesta semana. Na noite desta terça-feira (6), Tiago Leifert decidiu se manifestar sobre o ocorrido no Jogo da Discórdia em que o professor João Luiz admitiu ter se incomodado com uma fala racista do participante Rodolffo. 

O apresentador fez um texto a respeito do racismo e, principalmente sobre como ele, um homem branco, mudou sua visão e conseguiu ver que certas atitudes estão erradas.

Link curto: https://bit.ly/3mx2VQP

TÓPICOS:
Polêmica

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu
'; $("#conteudoMateria br:eq(2)").after(pub); //$('#conteudoMateria').find('br:nth-child(1)').after(pub); });