Economia

Evento Brazil Conference at Harvard & MIT terá edição online em abril confira os destaques da programação

A edição do ano passado teve que ser reorganizada às pressas para se adaptar ao formato virtual por conta da pandemia que acabava de chegar ao continente americano

Rastro101
Com informações do Época Negócios

07/04/2021 por Redação

Divulgação/Época NegóciosDivulgação/Época Negócios
Gustavo Coutinho, copresidente da Brazil Conference at Harvard & MIT (Foto: Divulgação)

 

 

 

A Brazil Conference at Harvard & MIT deixa o espaço físico de Harvard pelo segundo ano e, agora, além de virtual, terá apresentação direta do Brasil. A edição do ano passado teve que ser reorganizada às pressas para se adaptar ao formato virtual por conta da pandemia que acabava de chegar ao continente americano. 

Como o quadro pandêmico ainda permanece, a edição de 2021 se mantém online, com parte dos palestrantes e a audiência participando remotamente, mas, pela primeira vez, terá transmissões ao vivo direto do Rio de Janeiro, de pontos emblemáticos da cidade, como o Bondinho do Pão de Açúcar e o Cristo Redentor.

"O local não tem tanto impacto. Nossa prioridade é manter a qualidade do debate. Temos um público engajado e uma diversidade de palestrantes", explica Gustavo Coutinho, copresidente da Brasil Conference, dizendo que ao longo de um ano de organização, a busca foi por aperfeiçoar a estrutura tecnológia para oferecer a melhor experiência possível aos participantes. Este ano, a conferência conta ainda com a parceria da Fábrica de Startups. É de seu espaço, de 3.200 m2 na cidade do Rio de Janeiro, que serão transmitidos alguns painéis.

Gustavo ressalta que, apesar de o evento ser voltado ao debate sobre o ambiente político e econômico do Brasil, questões sociais e culturais não podem ficar de fora. Nesta, que é a sétima edição, a programação inclui de Rita Von Hunty &ndash professora drag queen sucesso no Youtube, com um canal onde aborda temas sociais &ndash até ex-chanceleres como Celso Amorim, Celso Lafer e Aloysio Nunes Ferreira, que estarão reunidos em um painel sobre relações exteriores.

Também marcam presença &ndash virtual &ndash o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a empresária Luiza Helena Trajano, o apresentador Luciano Huck, o ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta, entre outras figuras conhecidas no país por suas ações, seja na economia, na política ou no social. Jorge Paulo Lemann, presente em todas as edições, também não fica de fora da programação desta vez. Os painéis estão divididos por temas como democracia e justiça, diversidade e cultura, economia e negócios, além de políticas públicas e impacto social. Este ano, especial destaque para o painel sobre a saúde no Brasil e o papel do SUS. 

Gustavo faz questão de ressaltar que o evento é organizado por centenas de estudantes brasileiros não só de Harvard ou do MIT, mas de mais de 15 instituições de ensino na região de Boston, nos Estados Unidos. Cerca de metade da audiência também é de estudantes, a maioria brasileiros, que querem debater o cenário atual e as perspectivas do país. "A conferência busca discutir os assuntos mais importantes para o país. Tenta discutir passado, mas olhando muito o futuro. A ideia é unir posições diferentes trabalhando em comum, criando conexões entre pessoas. Por isso o tema deste ano &39Diálogo que Transforma&39. E não existe diálogo simples hoje", diz ele.

A Brazil Conference nasceu em 2015 para marcar os 30 anos de redemocratização brasileira e chegou a ter, em uma mesma edição (2017), a ex-presidente Dilma Rousseff e o ex-juiz Sergio Moro, assim como a cantora Anitta, na edição 2018. A cultura brasileira já foi representada também por Gilberto Gil e Yamandu Costa, entre outros nomes. "Crescendo a diversidade, aumenta a pluralidade de ideias. Temos de trazer lados opostos da conversa política, isso tem sido representativo na conferência. Usar a polarização para gerar debates importantes e que talvez não ocorreriam em outros lugares". 

Gustavo, no entanto, acredita que o esse tipo de evento ainda ainda tem momentos insubstituíveis no modelo online. A conferência deve voltar ao campus de Harvard quando a pandemia arrefecer. "Não conseguimos recriar os corredores, ou a união de artistas da música brasileira com políticos e economistas, assistindo aos debates na mesma sala que você, como estudante. Parte da experiência é impossível de ter online. Muitas das discussões acontecem fora das palestras", avalia. 

O evento é gratuito e ocorre entre os dias 11 a 17 de abril, das 8h as 22h. 

+Quer conferir os conteúdos exclusivos de Época NEGÓCIOS? Tenha acesso à versão digital+


Quer receber as notícias de Época NEGÓCIOS pelo WhatsApp? Clique neste link, cadastre o número na lista de contatos e nos mande uma mensagem. Para cancelar, basta pedir. Ou, se preferir, receba pelo Telegram. É só clicar neste link.

Link curto: https://bit.ly/3rSn7O5

TÓPICOS:
Negócios

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu
'; $("#conteudoMateria br:eq(2)").after(pub); //$('#conteudoMateria').find('br:nth-child(1)').after(pub); });