Geral

Militares do Exército são presos por fraudar registros de armas

Com a quadrilha de integrantes das Forças Armadas foram aprendidos armamentos de grosso calibre

Rastro101
Com informações do site O Tempo

26/01/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoPoliciais civis do Distrito Federal e agentes do Exército e do Ministério Público MIlitar (MPM) prenderam nesta terça-feira (26) pelo menos nove militares da ativa das Forças Armadas por supostamente fraudarem o Certificado de Registro de ARma de Fogo a Caçadores (Cacs). O objetivo da quadrilha seria permitir que beneficiados pelo esquema tivessem acesso a armamentos de forma ilegal.

De acordo com o jornal Correio Braziliense, 26 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos no entorno da capital federal, na operação que foi denominada Cricket. Com o grupo, foram apreendidas armas pesadas, como fuzis e pistolas de grande poder de fogo.

Segundo o jornal, as fraudes geravam benefícios ilícitos no Distrito Federal e em pelo menos dois Estados: Goiás e Tocantins.

Link curto: https://bit.ly/3ohSrUn

TÓPICOS:
Operação Cricket

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu
'; $("#conteudoMateria br:eq(2)").after(pub); //$('#conteudoMateria').find('br:nth-child(1)').after(pub); });