Geral

OMS e China poderiam ter agido mais rápido à Covid-19, dizem especialistas

Relatório acrescenta que a propagação do vírus se viu 'beneficiada' por uma 'epidemia em grande parte ocultada'

Rastro101
Com informações do site O Tempo

18/01/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoA Organização Mundial da Saúde (OMS) e a China poderiam ter reagido mais rapidamente ao início da pandemia da Covid-19 - afirmam especialistas independentes encarregados de avaliar a resposta mundial, acrescentando que a propagação do vírus se viu “beneficiada” por uma “epidemia em grande parte ocultada”.

Em seu segundo informe, que deve ser apresentado na terça-feira (19) durante a reunião da OMS, este painel de especialistas ressalta que, “ao se referir à cronologia inicial da primeira fase da epidemia, constata-se que teria sido possível agir mais rápido, com base nos primeiros sinais”.

 

Link curto: https://bit.ly/3695OAn

TÓPICOS:
Avaliação

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu