Geral

Reino Unido amplia sua campanha de vacinação contra a Covid-19

Desde o início da campanha de imunização, em 8 de dezembro, mais de 3,8 milhões de pessoas foram vacinadas com a primeira dose da vacina

Rastro101
Com informações do site O Tempo

18/01/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoO Reino Unido vai expandir sua campanha de vacinação contra o coronavírus na segunda-feira (18) para incluir pessoas com mais de 70 anos de idade, ao mesmo tempo em que exige de todos que viajam ao país uma quarentena.

Especialmente afetado por uma variante do vírus que, segundo autoridades sanitárias, seria até 70% mais contagiosa, o país tem o maior número de mortes por covid-19 da Europa, 89 mil.

O governo do primeiro-ministro Boris Johnson está concentrando seus esforços na vacinação em massa, na esperança de suspender o terceiro confinamento no início de março.

Desde o início da campanha de inoculação, em 8 de dezembro, mais de 3,8 milhões de pessoas foram vacinadas com a primeira dose.

Até agora, foram contemplados maiores de 80 anos, residentes de asilos e seus cuidadores, e profissionais de saúde que atuam na linha de frente, mas a partir de segunda, outros setores da população serão também vacinados.

A imunização dos primeiros grupos continuará a ser a prioridade, mas os centros de vacinação que puderem vão começar a imunizar os maiores de 70 anos e as pessoas extremamente vulneráveis, anunciou o Ministério da Saúde em nota.

O governo quer que os quatro grupos prioritários, ou seja, 15 milhões de pessoas, sejam vacinados até meados de fevereiro.

Para que o programa de vacinação atingisse mais cidadãos, o governo decidiu esperar até 12 semanas para iniciar a aplicação da segunda dose.

Além disso, para impedir a chegada de novas variantes do coronavírus, o país impõe um confinamento de 10 dias a todas que chegarem ao país do exterior a partir desta segunda, às 4h locais. 

Medida que se soma à obrigação de apresentar um teste PCR com resultado negativo na chegada. Foram ainda eliminadas as exceções em vigor para os países menos afetados.

Link curto: https://bit.ly/3qIyhF1

TÓPICOS:
Pandemia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu