Geral

Negacionista da Covid-19 grava vídeo falso sendo presa, mas é descoberta

Nas imagens, a mulher aparecia calmamente sentada em um banco e é levada à força por agentes de segurança britânicos

Rastro101
Com informações do site O Tempo

11/01/2021 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoA tatuadora Marcia Baker, de 52 anos, foi gravada sendo supostamente presa em um parque de Bournemouth, na Inglaterra, nesse sábado (9). Nas imagens, a mulher aparecia calmamente sentada em um banco e é levada à força por agentes de segurança britânicos. Contudo, nesta segunda-feira (11), ela foi desmascarada como uma “conspiracionista” que forjou um vídeo para gerar comoção em grupos contrários ao lockdown imposto no país. 

Uma amiga de Marcia contou à imprensa local que “ela acredita em todos os tipos de teoria da conspiração”, e, durante a pandemia, ficou “mais paranoica do que nos anos anteriores”. “Ela dizia aos ventos que o coronavírus não era pior do que uma simples gripe, que era uma tentativa de (o governo) controlar todos nós. Eu não aguentava mais e parei de falar com ela. É completamente insano”, desabafou. 

A polícia local acredita que o vídeo tenha sido “planejado, atuado e gravado” por membros de um grupo “anti-lockdown” que protestou na cidade no mesmo dia. Marcia foi vista nas manifestações. “Nossos agentes só prenderão alguém (por desrespeitar as medidas) em casos extremos”, garantiu a corporação. 

Link curto: https://bit.ly/3oCaG7Y

TÓPICOS:
Reino Unido

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu