Economia

Produtos natalinos registram alta de até 42% em este ano

É o que diz a pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)

Informações: Agência Brasil
17/12/2020 por Redação, atualizado em 17/12/2020 às 20h27 por Redação

Imagem ilustrativaImagem ilustrativaPesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) mostra que os preços dos produtos mais consumidos na ceia de natal subiram até 42% em comparação aos do mesmo período do ano passado.

O item que mais encareceu foi o lombo de porco, que está com preço 42,12% mais alto do que em 2019. Depois do lombo, os produtos com altas mais expressivas foram o pernil (+32,8%), o peru (+29,2%), a picanha (+25,4%), o queijo ralado (+23,6%) e o sorvete (+21,5%).

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
Também tiveram aumento significativo os preços da azeitona verde com caroço (+21,6%), o macarrão espaguete (+20%), e o chester (+18,3%).

Dos 26 itens que compõem a lista dos produtos mais procurados para a ceia de natal, apenas dois ficaram mais baratos: panetone de frutas cristalizadas (-2,1%) e molho de tomate (-2%).

Link curto: https://bit.ly/2Ws0BhK

TÓPICOS:
Natal preços aumento

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu