Geral

Brasileiro é preso na Indonésia com maconha na mala

País tem duras penas com pessoas que se envolvem com o tráfico: em 2015, um brasileiro foi executado no país após ingressar com seis quilos de cocaína

Rastro101
Com informações do site O Tempo

07/07/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoUm jovem brasileiro foi preso no Aeroporto Internacional de Ngurah Rai, em Bali, na Indonésia, com maconha dentro da bagagem. O caso foi registrado no dia 28 de junho, mas relatado pela imprensa indonésia apenas nesta semana. O país tem duras penas com pessoas que se envolvem com o tráfico. Em 2015, um brasileiro foi executado no país após ingressar com seis quilos de cocaína escondidos em pranchas de surf.

O jovem foi preso após passar por um exame de raio-x. Os policiais desconfiaram da bagagem ao passar pelo aparelho de imagem. Ao abrirem as malas, encontraram a droga. As informações são do site Indonesia Expat.

Durante a revista, as autoridades encontraram quatro pacotes contendo folhas e sementes de maconha. O material foi submetido a um teste, que confirmaram se tratar mesmo da droga. Segundo a polícia, foram confiscados quatro maços de maconha que pesam 9,1 gramas. 

Ele alegou que comprou a maconha durante férias na Tailândia e que usaria em Bali. Diante das autoridades, ele disse que não sabia que o uso da droga era ilegal no país. O portal UOL entrevistou um parente do jovem no Brasil, que alegou que o estudante usa a droga por uso medicinal, uma vez que sofre de ansiedade, depressão e TDH.

Mineira foi condenada a nove anos de prisão

Em fevereiro deste ano, uma jovem mineira foi presa na Tailândia por suspeita de tráfico internacional de drogas. Mary Hellen tinha saído de Curitiba, com outro brasileiro de 27 anos que também foi preso. Outro rapaz de 24 anos que chegou em outro voo também foi preso.

De acordo com autoridades da Tailândia, os brasileiros estavam com 15,5 quilos de cocaína. Uma parte da droga estava com Mary Hellen e o amigo de 27 anos e o restante com o homem de 24 anos. Em maio, ela foi condenada a nove anos de prisão.

Link curto: https://bit.ly/3PfpUgl

TÓPICOS:
Família Alega Uso Medicinal

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu