Geral

Dono da Ray-Ban, bilionário Leonardo Del Vecchio morre aos 87 na Itália

Italiano teve infância pobre e, hoje, sua família tem uma das cem maiores fortunas do mundo

Rastro101
Com informações do site O Tempo

27/06/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoO italiano Leonardo Del Vecchio, fundador da Luxottica, que detém as marcas de óculos Ray-Ban e Oakley, morreu aos 87 anos, nesta segunda-feira (27), em Milão. Após uma infância de pobreza, o empresário e sua família alcançaram um valor de mercado de US$ 24,8 bilhões, uma das 100 maiores fortunas do mundo, segundo a revista “Forbes”.

A causa da morte não foi detalhada pela imprensa italiana. Del Vecchio ainda chefiava a EssilorLuxottica, maior sistema de distribuição global do mercado de óticas. A diretoria da empresa ainda discutirá os próximos passos da sucessão do magnata, que deixou seis filhos. 

Com cinco irmãos, Del Vecchio teve uma infância de pobreza e, aos 7 anos, foi enviado pela mãe, viúva, a um orfanato, já que a família não tinha mais meios para sustentá-lo, descreve a “Forbes”. A trajetória de sucesso Del Vecchio começou com uma pequena ótica quando ele tinha 26 anos, conta o jornal italiano “Corriere della Sera”, e deslanchou após sua parceria com o estilista italiano Giorgio Armani, no final dos 80.

Armani homenageou o amigo nas redes sociais nesta segunda: “Leonardo, quantas discussões, quantas conversas, quanta honestidade para realizar nossos sonhos. Tanta lealdade. Eu perdi um amigo, em primeiro lugar, e uma companhia nessa longa aventura profissional. Sua partida me aflige profundamente. Guardo sua família no meu coração”, escreveu.   

Link curto: https://bit.ly/3nkOW1u

TÓPICOS:
Moda

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu