Geral

Da Casa Branca, ator Matthew McConaughey pede 'responsabilidade com armas'

Durante discurso emocionado, ator relembrou a história de vida de crianças que foram vítimas de tiroteio em Uvalde, sua terra natal no Texas

Rastro101
Com informações do site O Tempo

08/06/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoO ator Matthew McConaughey fez um forte apelo nesta terça-feira (7) na Casa Branca pela responsabilidade com armas, após o massacre em uma escola primária em sua cidade natal de Uvalde, Texas.

Temos uma janela de oportunidade agora que não tivemos antes, uma janela em que parece que mudanças reais podem acontecer, declarou McConaughey, 52 anos, a repórteres.

McConaughey, que visitou Uvalde e se encontrou com as famílias das vítimas depois que 19 crianças e dois professores foram mortos a tiros em 24 de maio, falou emocionado sobre alguns dos alunos que morreram.

O ator mostrou um desenho colorido feito por Alithia Ramírez, uma menina de 10 anos que queria um dia frequentar a escola de arte em Paris.

McConaughey também apontou para um par de tênis Converse verdes na mão de sua esposa, a modelo brasileira Camila Alves, e que pertencia a outra das vítimas, Maite Rodriguez.

São Converse verdes com um coração no dedo do pé direito, disse McConaughey. Estes são os mesmos tênis Converse verdes em seus pés que acabaram sendo a única evidência clara para identificá-la após o tiroteio.

O que me dizem sobre isso?, perguntou, golpeando o púlpito da sala de reuniões da Casa Branca.

McConaughey, que se reuniu com o presidente Joe Biden e membros do Congresso antes de falar com repórteres credenciados na Casa Branca, revelou que as famílias das vítimas lhe disseram que queriam que sua perda importasse.

Eles querem que os sonhos de seus filhos continuem vivos, afirmou.

Consolamos muita gente, disse o ator. E sabem o que todos diziam? Queremos escolas seguras e protegidas e queremos leis sobre armas que não facilitem para os bandidos conseguir essas malditas armas.

Precisamos investir em cuidados de saúde mental. Precisamos de escolas mais seguras, insistiu McConaughey. Precisamos restaurar nossos valores americanos e precisamos da posse responsável de armas.

Precisamos de verificações de antecedentes, continuou. Precisamos aumentar a idade mínima para comprar um rifle AR-15 para 21 anos.

Questão das armas precisa ser apartidária, diz ator

McConaughey, que ganhou o Oscar de melhor ator em 2014 pelo filme Clube de Compras Dallas e flertou com a ideia de concorrer a governador do Texas, afirmou que a questão das armas precisa ser apartidária.

Por mais dividido que nosso país esteja, a questão da responsabilidade por armas é algo com a qual todos concordamos, garantiu. Não há nada de democrata ou republicano em um único ato desses atiradores.

Ambos os lados poderiam ver além do problema político e admitir que temos um problema de preservação da vida?, questionou.

 

Novos tiroteios reacenderam pedidos de ação

A violência armada é comum nos Estados Unidos, mas o alvoroço nacional sobre os recentes tiroteios em massa em uma escola em Uvalde e dias antes em um supermercado em Buffalo, Nova York, novamente provocou pedidos de ação.

O senador democrata Chris Murphy tem trabalhado com um grupo bipartidário de senadores na reforma do uso e posse de armas, uma tarefa complicada, já que muitos republicanos rejeitam ferozmente a maioria das formas de controle de armas.

Uma pesquisa recente da CBS News/YouGov descobriu que 62% dos americanos apoiam a proibição nacional de rifles semiautomáticos.

O apoio popular é ainda mais forte para verificações de antecedentes de todos os compradores de armas (81%).

A violência armada nos Estados Unidos matou mais de 18.000 pessoas até agora em 2022, incluindo quase 10.300 suicídios, de acordo com a ONG Gun Violence Archive. (AFP)

Link curto: https://bit.ly/3NsmXZc

TÓPICOS:
Apelo

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu