Geral

Sertanejo Zé Neto fala sobre cancelamento de show em João Monlevade

Cantor, que faz dupla com Cristiano, foi diagnosticado com sinusite e agradeceu a compreensão do público

Rastro101
Com informações do site O Tempo

29/04/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoO cantor sertanejo Zé Neto, que faz dupla com Cristiano, usou os stories do Instagram na manhã desta sexta-feira (29) para se manifestar sobre o cancelamento do show que os artistas fariam em João Monlevade, na região central de Minas Gerais. OS sertanejos não subiram ao palco no interior mineiro porque Zé Neto foi diagnosticado com uma sinusite, “que causou uma inflamação aguda na face”, de acordo com a assessoria de imprensa dos cantores.

“Hoje acordei bem melhor, olha a ‘paulada’ de remédio aqui. Quero agradecer desde já a galera de João Monlevade pelo carinho e compreensão. Agradecer também todo o pessoal do Hospital de Base pelo carinho e trabalho que fizeram comigo ontem. Muito obrigado. Logo vamos estar aí soltando uma nova data para vocês”, disse o sertanejo por meio da rede social. Zé Neto também divulgou imagens do show de Douglas e Vinicius, dupla que ficou responsável por abrir a noite.

Também pelas redes sociais, a equipe de Zé Neto e Cristiano já havia divulgado um comunicado justificando o cancelamento do show: “Zé Neto foi diagnosticado com sinusite, que causou uma inflamação aguda na face. O cantor foi atendido e realizou o procedimento no Hospital de Base de São José do Rio Preto. De acordo com os médicos, amanhã o cantor já estará liberado para seguir com a agenda de shows. A apresentação que seria realizada hoje no Espaço de Eventos de João Monlevade/MG será adiada e nova data divulgada em breve”.

Escolta por precaução

Zé Neto passou mal ainda em Belo Horizonte. Por precaução, a equipe da dupla pediu uma escolta da polícia para deixar a cidade. De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 21h, o produtor entrou em contato com os militares porque iria anunciar o cancelamento do show e com medo de sofrer represálias do público, precisava de segurança para deixar o local. Segundo a polícia e o Corpo de Bombeiros, apesar do descontentamento não houve tumulto no local.

De acordo com a banda, em situações anteriores parecidas, quando apresentações foram canceladas ou adiadas por questões de saúde, o ônibus que levava integrantes musicais foi depredado em outras cidades. (Com informações de Lucas Henrique Gomes)

Link curto: https://bit.ly/3kntJ5A

TÓPICOS:
Por Motivos De Saúde

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu