Geral

G7 considera 'inaceitável' pedido russo por pagamento do gás em rublos

Putin anunciou que não ia mais aceitar o pagamento em dólares ou em euros para a entrega de gás russo à UE

Rastro101
Com informações do site O Tempo

28/03/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoOs países do G7 consideraram, nesta segunda-feira (28), que exigir o pagamento do gás russo em rublos é inaceitável e demonstra que o presidente Vladimir Putin está entre a cruz e a espada, disse o Ministro da Economia alemão, Robert Habeck. 

Todos os ministros do G7 concordaram que se trata de uma violação unilateral e clara dos contratos já existentes (...) o que significa que o pagamento em rublos é inaceitável, disse Hebeck após uma reunião com seus homólogos do grupo. 

Creio que temos que interpretar essa demanda como o fato de que Putin se encontra entre a cruz e a espada, acrescentou. 

Na semana passada, o líder russo Vladimir Putin anunciou que não ia mais aceitar o pagamento em dólares ou em euros para a entrega de gás russo à UE e deu uma semana para as autoridades russas elaborarem um novo sistema de pagamento. 

Pedimos às empresas afetadas que não respondam ao pedido de Putin, disse Habeck, nesta segunda, qualificando a Rússia como fornecedor pouco confiável. 

Por meio dessa exigência a tentativa de Putin de nos dividir é evidente, acrescentou o ministro cujo país preside este ano o G-7 (Estados Unidos, Alemanha, Japão, França, Reino Unido, Itália e Canadá). 

Segundo o presidente russo, a medida é uma reação à decisão dos países ocidentais de congelar ativos russos para sancionar Moscou após a invasão da Ucrânia.

Apesar do início do conflito, a UE segue comprando gás russo e rechaça um embargo, como foi decretado pelos EUA. 

Link curto: https://bit.ly/3LqanbD

TÓPICOS:
Impasse

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu