Geral

Tarja Preta: Advogada é presa em operação da PF contra facção criminosa

Cidades - com informações do LiberdadeNews

Rastro101
Com informações do LiberdadeNews

24/03/2022 por Redação

/

Entre os detidos durante a Operação Tarja Preta, deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (24) em Salvador e outras cidades da Bahia, está a advogada Tuane Danuta da Silva que teria ligação com a facção criminosa Bonde do Maluco (BDM), grupo alvo da ação policial.

A informação foi divulgada pelo site Bahia 190 e confirmada pelo Bahia Notícias. A Ordem dos Advogados do Brasil - seção Bahia, através da Comissão de Direitos e Prerrogativas, está acompanhando o caso. A advogada vai passar por audiência de custódia ainda hoje para decidir se ela será solta ou se vai ficar em prisão preventiva. A profissional já tinha sido presa em 2015, durante a Operação Patente, também realizada pela Polícia Federal, que visava o combate ao tráfico de drogas.

Na ação desta quinta, dois líderes do BDM que estavam cumprindo pena em penitenciárias estaduais foram transferidos para unidades prisionais federais. A PF não divulgou os nomes das lideranças criminosas.

De acordo com o delegado da PF, Alexander Castro de Oliveira, as investigações apontam a autoria de crimes em sete estados, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina. No total, 36 mandados de prisão preventiva e 46 mandados de busca e apreensão foram cumpridos durante a ação.

Além da PF, na Bahia, a Tarja Preta contou com equipes da Polícia Militar (PM), da Polícia Civil (PC) e do Exército Brasileiro. São investigados bens móveis e imóveis, e contas bancárias, utilizadas para crimes fiscais.  As informações obtidas serão compartilhadas com a polícia baiana para que os crimes apurados sejam elucidados.

Fonte: Bahianoticias

Link curto: https://bit.ly/3NfsvXv

TÓPICOS:
Bahia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu