Geral

Quadrilha atropelada por taxista já havia assaltado quatro pessoas pouco tempo antes da BR-367

Na primeira ação, bandidos forçaram acidente para fazer casal que estava em caminhonete parar

.

Radar64
16/03/2022 por RADAR64

Divulgação/Radar64Divulgação/Radar64

A quadrilha que tentou roubar um taxista na madrugada do último domingo (13), na BR-367, no distrito de Vera Cruz, em Porto Seguro, já tinha assaltado outras quatro pessoas, pouco tempo antes, no mesmo trecho. O taxista, conforme noticiou o RADAR 64, escapou da investida ao acelerar o veículo e atropelar dois dos quatros bandidos.


Após a divulgação da notícia, dois casais de Minas Gerais procuraram a reportagem relatando que também foram vítimas desses mesmos criminosos, que, portando armas longas, fizeram um verdadeiro arrastão naquela madrugada.


A primeira abordagem foi por volta das 4h. Um corretor de imóveis, e a mulher, uma pedagoga, ambos de 60 anos, voltavam da festa de casamento do filho, em Porto Seguro. O motorista relatou que, de repente, um Corsa preto invadiu a contramão e veio em sua direção. “Pensando que se tratava de algum motorista embriagado, diminuí a velocidade, mas, mesmo assim, houve uma colisão. Aí, saí para ver se alguém tinha ficado ferido e fui surpreendido por quatro homens armados descendo do carro e anunciando um assalto. Um deles me atingiu duas vezes na cabeça com o cabo de um fuzil”, relatou o corretor de imóveis.


Caminhonete com casal mineiro foi primeiro veículo abordado pelos assaltantes

O motorista e a mulher foram obrigados a ficar ajoelhados na pista, enquanto os bandidos reviravam a caminhonete em busca de dinheiro e objetos. As vítimas aproveitaram o momento e correram para um matagal. O casal relata que os bandidos tentaram sair com a caminhonete, mas não conseguiram, pois o veículo ficou muito danificado por conta do acidente. Eles, então, conforme relatos das vítimas, assaltaram outro carro, um Fiat Pulse, que passava pela rodovia em direção ao município de Eunápolis. No veículo havia um casal de idosos, que foi deixado no meio da pista.


Na fuga com carro roubado do segundo casal, assaltantes sofreram acidente; uma das vítimas sofreu arranhões ao entrar em matagal

A quadrilha fugiu em direção a Porto Seguro com o carro dos idosos, mas cinco quilômetros depois o veículo capotou e chegou a atingir uma moto, cujo condutor precisou de atendimento médico. Foi neste momento que o taxista passava e, ao reduzir a velocidade, acreditando que poderia ter alguém ferido no acidente, também foi abordado pelos bandidos. O taxista relatou que percebeu que era um assalto e empreendeu velocidade, chegando a atropelar dois assaltantes. Os bandidos atiraram em direção ao táxi. Os disparos atingiram o para-brisa dianteiro e o volante do carro. O taxista e o passageiro – que estava sendo levado para o aeroporto -, não ficaram feridos.


Carro usado por assaltantes para forçar acidente e parar carro dsa vítimas era roubado

Os dois casais ficaram às margens da rodovia, pedindo socorro. Quase duas horas depois, conseguiram que o motorista de uma picape os levasse ao posto da Polícia Rodoviária Federal na caçamba do veículo. O corretor de imóveis relatou que na tarde de segunda-feira os bandidos tentaram fazer compras online com seu cartão, mas a transação, no valor de R$ 3 mil foi negada pelo banco, pois já havia sido feito um bloqueio.


A polícia constatou que o Corsa usado pelos bandidos era roubado. O carro foi abandonado na estrada.




.


Link curto: https://bit.ly/3KTplGV

TÓPICOS:
Radar64

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu