Geral

Briga generalizada em estádio no México não tem nenhum preso até o momento

Nenhuma autoridade mexicana confirmou qualquer óbito

Rastro101
Com informações do site O Tempo

07/03/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoA partida do último sábado (5) entre Atlas e Querétaro, pela 9ª rodada do Campeonato Mexicano, foi interrompida por uma briga generalizada. Aos 15 minutos do segundo tempo, quando o Atlas vencia por 1 a 0, torcedores de ambas as equipes invadiram o campo do estádio La Corregidora e entraram em um violento combate. Ao todo, 26 pessoas ficaram feridas e ninguém está detido.

Dos 26 feridos, três já receberam alta, dez não possuem, dez estão em estado delicado e três em situação grave, de acordo com o governador do estado de Querétaro, Mauricio Kuri. Embora alguns sites internacionais tenham publicado que a briga causou mortes, nenhuma autoridade mexicana confirmou qualquer óbito até o momento.

Além disso, o Ministério Público de Querétaro não tinha ninguém detido pelos atos de violência até domingo (6), segundo a ESPN. Em entrevista coletiva, o governador condenou o ocorrido e afirmou que o que aconteceu é um atentado a Querétaro.

Isso não ficará impune. Dirijo-me a vocês criminosos: não importa onde estão, onde nasceram ou onde se escondem. Vou encontrá-los. Suas sentenças, legais e sociais, serão do tamanho de sua covardia e violência, afirmou Kuri.

O político disse ainda que a segurança do estádio é uma responsabilidade principalmente privada, mas reconheceu que as forças de segurança do Estado foram insuficientes e que não agiram com a rapidez necessária. Registros que viralizaram na internet mostram um policial ignorando o conflito durante a partida.

O Ministério Público de Querétaro abriu no domingo (6) investigações para apurar crimes de tentativa de homicídio, violência em eventos esportivos, eventual apologia ao crime, associação criminosa e crimes cometidos por servidores públicos na briga generalizada. A secretária de governo de Querétaro, Lupita Murguía, afirmou que cinco servidores públicos responsáveis pelo funcionamento da partida foram suspensos por não cumprirem com os protocolos.

Por conta do episódio, o presidente do Campeonato Mexicano, Mikel Arriola, anunciou que as partidas restantes da 9ª rodada estão suspensas.

Link curto: https://bit.ly/3KoVHc2

TÓPICOS:
Querétaro

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu