Geral

Rússia deve acabar com "banho de sangue" na Ucrânia, afirma chanceler alemão

De acordo com chefe de Governo da Alemanha, novas sanções serão adotadas contra a Rússia pela invasão da Ucrânia

Rastro101
Com informações do site O Tempo

01/03/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoO chefe de Governo da Alemanha, Olaf Scholz, advertiu, nesta terça-feira (01), que novas sanções serão adotadas contra a Rússia pela invasão da Ucrânia e pediu o fim imediato do banho de sangue. 

O banho de sangue deve acabar na Ucrânia, afirmou o chanceler alemão depois que segunda maior cidade do país, Kharkiv, foi bombardeada. 

Atingimos uma situação muito dramática, a Ucrânia está literalmente lutando por sua sobrevivência, acrescentou. 

Diante do cenário, Scholz anunciou que certamente serão adotadas novas sanções, embora tenha destacado que as medidas já anunciadas afetam consideravelmente as capacidades econômicas da Rússia.

Percebemos hoje (terça-feira) movimentos muito importantes das forças militares russas, não devemos ter muitas ilusões, lembrou o chanceler social-democrata.

Será um período muito dramático. Até agora lamentamos imagens que nos entristecem, com vários mortos e feridos e edifícios e infraestruturas destruídos. Este é apenas o começo do que provavelmente acontecerá nos próximos dias, advertiu.

+ Rússia x Ucrânia: Bombardeio russo atinge sede do governo em Kharkiv
++ Defesa de Kiev é prioridade, diz presidente da Ucrânia

Após uma primeira rodada de negociações sem resultados, o exército ucraniano enfrenta nesta terça-feira uma nova ofensiva das tropas russas em Kiev, Kharkiv, no porto de Mariupol e outras cidades.

Link curto: https://bit.ly/3sxewUt

TÓPICOS:
Guerra

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu