Geral

Ex-prefeito Dr. Feruk é enterrado em Eunápolis; prefeitura decreta luto oficial de três dias

Por causa dos protocolos da Covid-19, houve apenas curta cerimônia na capela do Cemitério Campo Santos reservada a familiares e poucos amigos

.

Radar64
31/01/2022 por RADAR64

Divulgação/Radar64Divulgação/Radar64

O médico e ex-prefeito de Eunápolis, Feruk Felippe Abrahão, foi enterrado na manhã deste domingo (30), no Cemitério Campo Santo. Ele morreu na tarde de sábado (29), aos 84 anos, devido a complicações da Covid-19.


Dr. Feruk, como era mais conhecido, estava internado há quase 15 dias na UTI do Hospital Ames e não tinha tomado nenhuma das doses da vacina contra o novo coronavírus.


Por conta dos protocolos sanitários, não houve velório aberto ao público. Antes do enterro, foi realizada uma cerimônia reservada a familiares e a poucos amigos na capela do próprio cemitério.


LUTO OFICIAL


A Prefeitura de Eunápolis decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-prefeito do município. A prefeita Cordélia Torres afirmou que Feruk Abrahão entra para a história do município, deixando um relevante legado de seriedade, dedicação e compromisso, como médico, fundador de um dos primeiros hospitais da cidade, e como chefe do Executivo municipal entre os anos de 1993 e 1996.


REPERCUSSÃO


A morte de Dr. Feruk, um dos primeiros médicos do município, repercutiu em toda a região. Nas redes sociais, muitas mensagens de condolências, principalmente de moradores mais antigos, que, através dele, tiveram acesso aos primeiros serviços de saúde.


No meio político, a morte também teve forte repercussão. O secretário municipal de Governo, Osvaldo Soares Filho, que foi vereador no período em que Feruk administrou a cidade, afirmou que pode assegurar que foi uma gestão correta e totalmente íntegra.


“A gestão feita, tendo em conta a satisfação dos anseios da coletividade, considerou o povo como a base e o fundamento da administração de um gestor público honesto”, afirmou Osvaldo.


PRIMEIRO HOSPITAL


Em uma entrevista em abril de 2015, Dr. Feruk lembrou que quando chegou a Eunápolis, em meados da década de 1960, não havia praticamente médico algum na localidade. Em parceria com o amigo e também médico Wilson de Wilson, ele fundou o Hospital Maternidade.


Ex-prefeito Feruk Felippe Abrahão – Foto: TV Web Cultura

“Nós fomos praticamente pioneiros nesta área. O hospital trouxe um benefício muito grande para a comunidade. O acesso ao hospital e ao médico facilitou a vida de muita gente. Até hoje tem pessoas que, quando me encontram, ainda se lembram dos partos, dos baleados que a gente salvou. Isso a gente vai lembrar para o resto de nossas vidas”, afirmou.


Feruk foi o segundo prefeito de Eunápolis. Ele sucedeu o também médico Gediel Sepúlveda – que o lançou na política -, e governou o município entre os anos de 1993 e 1996. Ele não deu continuidade à carreira política.


O ex-prefeito deixa viúva dona Venina, com quem teve os filhos Feruk Filho, Raquel e Rebecca.


.


Link curto: https://bit.ly/3utjrr5

TÓPICOS:
Radar64

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu