Geral

Mãe procura por informações sobre o filho que desapareceu em Teixeira: "Algo está errado, meu filho pode estar em perigo"

Polícia - com informações do LiberdadeNews

Rastro101
Com informações do LiberdadeNews

28/01/2022 por Redação

/

Teixeira de Freitas: Na tarde desta quinta-feira, 27 de janeiro, uma mãe, de 59 anos de idade, procurou a reportagem do Liberdade News, relatando que seu filho Patrick Neves Patrício, de 23 anos, está desaparecido desde o sábado (22) e que seu filho está em estado depressivo, e teria saído para dar um volta e não retornou. Em contato com a nossa redação, a mãe relatou que seu filho Patrick Neves Patrício desapareceu e desde o momento que ele saiu, estava muito agitado (nervoso).

Três dias depois do desaparecimento do meu filho, apareceu um suposto pastor, que me ligou, dizendo que estava com Patrick, em Vitória/ES. Eu não acreditei, e pedi para falar com meu filho (Patrick), explicou. Sendo assim, o Patrick falou com a mãe, e pediu para ela não chorar. A mãe perguntou ao filho onde ele está e o Patrick respondeu: Mãe, eu estou no Tancredo. A mãe disse que em seguida ele voltou atrás e disse, que não estaria no Tancredo, mas sim, em Vitória.

O pastor voltou a falar com a mãe, desta vez dizendo que estava em São Mateus, dizendo que estava tudo bem, e que seu filho estava bem. No outro dia, o Pastor ligou para a mim, dizendo que estava em oração, e tinha pegado uma carona no caminhão carregado de madeira, e que o Patrick estava perto dele. Aí falei com Patrick, e pedi a ele para vir para casa. Depois, para minha surpresa, o Pastor ligou novamente, perguntando se Patrick teria chegado em casa, dizendo que o caminhoneiro não quis dar uma carona para o Patrick, aí ele ficou na estrada, na cidade de São Mateus/ES não mais Vitória, contou a mãe.

Como Pastor, senti muita pena, me despedi do Patrick, entrei no caminhão e fui, rumo à Pedro Canário/ES, acrescentou a mãe, dizendo que estas foram as palavras do pastor. Estou desesperada, tem algo errado. O Pastor diz estar em Vitória, depois em São Mateus, e agora Pedro Canário. Meu filho parece que está sendo forçado a estar com essas pessoas. Está tudo muito estranho. Estou com medo de acontecer algo com meu filho, ele pode estar em perigo, acrescentou a mãe.

Ele é um menino bom, não tem nenhuma passagem na Polícia, nunca fez nada errado. Estou desesperada, desabafou a mãe. A mãe pede a todos que souber o real paradeiro do seu filho, entrar em contato com a Polícia Militar no 190 ou Polícia Civil, no 197. Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas.

Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews

Link curto: https://bit.ly/3rVNiVV

TÓPICOS:
Bahia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu