Geral

População brasileira é contra o aborto, diz Zambelli ao justificar ida aos EUA

A deputada federal foi criticada em redes sociais por ter recebido diárias da Câmara para a viagem. Ela afirma que pagou as passagens aéreas

Rastro101
Com informações do site O Tempo

25/01/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoA deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) disse em nota que viajou aos EUA em missão oficial para participar de um evento contra o aborto porque a maioria da população brasileira é contrária à interrupção da gravidez.

Durante anos vários parlamentares viajaram em missão oficial para defender a morte. Todos sabem do lobby internacional em favor do aborto. A população brasileira é contra, e por isso escolheu novos representantes, afirmou.

Zambelli foi criticada em redes sociais por ter recebido diárias da Câmara para a viagem. Ela afirma que pagou as passagens aéreas.

O ataque orquestrado coordenado por cuspidores como [José de] Abreu e Jean Wyllys só mostra o quanto incomodamos quando defendemos a vida.

Embora as passagens não tenham sido pagas pela Câmara, utilizaram as quatro diárias que recebi (como qualquer outro deputado em missão) para justificar os ataques, afirmou, na nota.

A deputada diz que ao voltar de viagem recebeu a notícia da morte do filósofo Olavo de Carvalho, a quem comparou ao ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill, herói da Segunda Guerra.

Aprendi com um homem, que também nos deixou num 24 de janeiro, que nunca chegaremos ao nosso destino se pararmos e atirarmos pedras em cada cachorro que late. Churchill vive. Olavo de Carvalho também, afirmou.

Link curto: https://bit.ly/345DJeU

TÓPICOS:
"missão Oficial"

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu