Geral

Carla Zambelli diz que filho será vacinado só se passarem por cima dela

Afirmação de deputada ocorre após o ministro do STF Ricardo Lewandowski determinar que MPs punam pais que não vacinarem os filhos

Rastro101
Com informações do site O Tempo

19/01/2022 por Redação

Divulgação/O TempoDivulgação/O TempoApós entrar com pedido junto ao Ministério da Saúde, Anvisa e Ministério Público Federal (MPF) para suspender a vacinação de crianças de 5 a 11 anos, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) voltou a criticar a imunização de crianças. 

Desta vez, a parlamentar disse que seu filho só será vacinado caso passem por cima dela. Levandovisk (sic), para vacinarem meu filho, terão que passar por cima de mim. Meu filho, minhas regras. Seus filhos, suas regras, disse a deputada. 


Levandovisk, para vacinarem meu filho, terão que passar por cima de mim.

Meu filho, minhas regras.

Seus filhos, suas regras.

Mais de 20 mil crianças de zero a 11 tomaram vacinas NÃO AUTORIZADAS, de adultos. É muito GRAVE.

Entrei com denúncias e apresentei Projeto de Lei.
— Carla Zambelli (@CarlaZambelli38) January 19, 2022
Pela legislação brasileira, toda criança é obrigada a receber imunizante e os responsáveis são os pais.  A afirmação da deputada ocorreu na tarde desta quarta-feira (19), após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski determinar que promotores de Justiça punam pais que não vacinarem os filhos.  Na terça-feira (18), a deputada bolsonarista pede suspensão da vacinação de crianças contra Covid-19. O TEMPO agora está em Brasília. Acesse a capa especial da capital federal para acompanhar o noticiário dos Três Poderes  

Link curto: https://bit.ly/3FDK5iB

TÓPICOS:
Covid-19

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101

cachedMais notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu