Geral

Mulher desaparecida há 36 dias é encontrada morta, enterrada em cova no Bairro Geraldão em Santa Cruz Cabrália

Polícia - com informações do LiberdadeNews

Rastro101
Com informações do LiberdadeNews

30/12/2021 por Redação

/

Santa Cruz Cabrália: O corpo de Gabriela Nascimento Lima foi encontrado enterrado, na noite de terça-feira (28), no bairro Geraldão, em Santa Cruz Cabrália. A mulher de 25 anos estava desaparecida há quase um mês e meio. Ela foi sequestrada por três bandidos armados, enquanto visitava a casa da mãe, na mesma localidade.

O delegado Wendel Ferreira informou que durante o interrogatório, um jovem de 18 anos, preso horas antes com arma e droga, indicou o local onde o corpo havia sido enterrado. “Policiais civis e militares se deslocaram ao bairro Geraldão e, após caminharem em uma mata fechada, encontraram o corpo em uma cova funda”, relatou o delegado.

Segundo o delegado Wendel, a jovem foi morta a golpes de um cavador, mesma ferramenta utilizada para abrir a cova. “Ela também estava com uma sacola na cabeça e com as mãos amarradas”, frisou Wendel Ferreira, acrescentando que a polícia segue em busca dos demais envolvidos no crime.

No depoimento, o acusado declarou que Gabriela foi morta porque era suspeita de participar de uma facção do bairro Campinho, mas também frequentava o Geraldão, bairro da facção rival.

/

PRISÃO – O caso começou a ter um desfecho depois que a Polícia Militar prendeu dois jovens de 18 anos com arma, droga e uma touca usada em assaltos, na estrada que liga os bairros Tânia e Ponto Central, em Cabrália. Na delegacia, um deles confessou que participou do sequestro, assassinato e ocultação do cadáver de Gabriela.

REPRESÁLIA – Em 23 de novembro, dia seguinte ao desaparecimento de Gabriela, cinco homens levaram à força o adolescente Thiago Xavier Nunes, 17 anos, e disseram que só o liberariam quando a mulher aparecesse.

Na manhã do dia 24, como a Gabriela não foi libertada, os bandidos mataram o jovem com 12 tiros em um matagal nos fundos do bairro Vila Beata. Para o delegado Wendel Ferreira, as investigações indicam que Thiago Xavier poderia estar envolvido diretamente no sequestro de Gabriela e foi morto como represália.

Por: Liberdadenews/Ascom

Link curto: https://bit.ly/3pFm4mJ

TÓPICOS:
Bahia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu