Esporte

Ministério Público pede que pai de menina morta em Caraíva se afaste de filha mais nova

O Ministério Público da Bahia emitiu um pedido, na sexta-feira (17), para que a Justiça determine liminar que peça o afastamento de Sebastian Ricardo Gatti, pai de Nayra Gatti, menina que foi assassinada no distrito de Caraíva, em Porto Seguro (veja

Rastro101
Com informações do Bahia Notícias

20/12/2021 por Redação

Divulgação/Bahia NotíciasDivulgação/Bahia Notícias O Ministério Público da Bahia emitiu um pedido, na sexta-feira (17), para que a Justiça determine liminar que peça o afastamento de Sebastian Ricardo Gatti, pai de Nayra Gatti, menina que foi assassinada no distrito de Caraíva, em Porto Seguro (veja aqui), da filha mais nova, Nereida, de nove anos.



 

Segundo informações do Radar64,  o pedido do MP-BA é feito com base no relatório do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), que apontou "vulnerabilidade social das irmãs em face da negligência do pai e incapacidade da mãe para o cuidado dos filhos". Não foram, contudo, especificados os critérios para que essa medida fosse tomada.

 

Ainda de acordo com o MP-BA, as circunstâncias da morte da jovem estão sendo apuradas pela Polícia Civil, que deve encaminhar o inquérito policial com o resultado das investigações ao MP, assim que concluído.

 

Nayra, 14 anos, foi encontrada sem vida em um mangue no distrito de Caraíva, em Porto Seguro, com sinais de estrangulamento. A Polícia Civil investiga o caso que não teve autoria e nem motivações reveladas. Policiais já ouviram 24 pessoas e analisam circuitos de vídeo.

Link curto: https://bit.ly/3GV7VYe

TÓPICOS:
Bahia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

menu