Geral

Surto de síndrome gripal lota unidades de saúde de Porto Seguro

Quantidade de médicos é insuficiente para dar conta da demanda por atendimento, que aumentou quatro vezes

.

Radar64
18/12/2021 por RADAR64

Divulgação/Radar64Divulgação/Radar64

Porto Seguro enfrenta um surto de síndrome gripal, que fez aumentar em quatro vezes a procura por atendimento nos postos de saúde e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA). Diante da quantidade insuficiente de médicos para atender a demanda acima da capacidade, as unidades de saúde do município estão lotadas, gerando transtornos e muita reclamação por parte da população.


Em vídeo divulgado sexta-feira (17) nas redes sociais, o prefeito Jânio Natal pediu a compreensão dos moradores neste momento. Segundo ele, essa síndrome gripal está fazendo a demanda por atendimento aumentar 400% a em relação ao volume normal.


Unidades de saúde do município estão lotadas, gerando transtornos e muita reclamação

UPAS LOTADAS E FALTA DE MÉDICOS – Jânio citou como exemplo alguns locais onde é evidente esse aumento. Na UPA do Baianão, que recebia de 80 a 100 pacientes por dia, foram atendidas 466 pessoas na última quinta-feira (16), disse ele. Na UPA do Arraial d’Ajuda, que atendia normalmente de 50 a 60 pessoas por dia, está recebendo em torno de 150 pacientes. Já em Trancoso, a demanda diária de 20 a 30 atendimentos passou para aproximadamente 110. “Portanto, muito acima da nossa capacidade de atendimento, diante da quantidade de médicos que temos disponíveis”, salientou.


O prefeito explicou que não contrata mais médicos porque está faltando profissionais da área disponíveis para serem contratados, um problema que se verifica em todo o país.


De acordo com Jânio, a maior parte dos casos de pacientes que chegam às unidades de saúde é de gripe, mas quem apresentar sintomas deve fazer o teste para descartar se não se trata de Covid-19.


.


Link curto: https://bit.ly/3yD39M9

TÓPICOS:
Radar64

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu