Geral

Corpo de jovem tinha sinais de estrangulamento, diz laudo preliminar da perícia

Ela foi encontrada morta em praia no distrito de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália

.

Radar64
09/12/2021 por RADAR64

Divulgação/Radar64Divulgação/Radar64

O exame preliminar da perícia indica que a jovem Kevila de Aquino Barreto, de 19 anos, foi morta por asfixia mecânica.


Segundo os peritos, ela tinha sinais de estrangulamento, como olhos saltados e marcas no pescoço. O laudo definitivo, que pode mostrar se houve abuso sexual, deve sair em até 30 dias.


O corpo de Kevila foi encontrado na manhã de quarta-feira (08), em uma praia no bairro Carajás, no distrito de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália.


Kevila de Aquino Barreto, de 19 anos, foi morta por asfixia mecânica

Um irmão, segundo a polícia, afirmou que a jovem saiu de casa na segunda-feira (06) para se encontrar com o namorado. Na noite de terça-feira (07), ela manteve o último contato com a família.


O irmão e o namorado já foram ouvidos pela polícia. Até o momento, não há nenhum suspeito do crime.




.


Link curto: https://bit.ly/3oCGTyw

TÓPICOS:
Radar64

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu