Geral

Eunápolis ainda contabiliza danos e número de famílias afetadas pelo temporal de sábado

Decreto da situação de emergência foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira

.

Radar64
30/11/2021 por RADAR64

Divulgação/Radar64Divulgação/Radar64

O violento temporal registrado em Eunápolis no final da tarde e noite do último sábado (27), com fortes ventos e chuva intensa, destruiu casas, causou desabamentos, deslizamentos de terra, inundações, enxurradas e alagamentos, além de diversas quedas de árvores e postes. Segundo a prefeita Cordélia Torres, em apenas seis horas choveu 85mm, o equivalente a um mês inteiro de precipitação. Entre as áreas mais afetadas, estão a Feira do Bueiro e ruas centrais da cidade. Devido aos estragos, a prefeitura decretou situação de emergência no município e criou um comitê de crise para coordenar os trabalhos.


A Defesa Civil, a Assistência Social e o comitê de crise estão fazendo um levantamento dos estragos causados e do número de famílias atingidas. “Ainda não temos números precisos, porque a demanda e o caos foram muito grandes. Estamos fazendo um levantamento e cadastrando famílias. Alguma delas já estão na casa de apoio”, disse Cordélia.


Também está sendo feito o levantamento das áreas de risco que necessitam ser interditadas para evitar futuros danos, pois a previsão é de mais chuva e vento nos próximos dias. Algumas áreas já foram identificadas, como a Rua da Encosta, no bairro Pequi, além de pontos no bairro Alecrim e na Urbis III.


AGILIDADE DE AÇÃO – A prefeita disse que procurou agir com rapidez assim que percebeu a intensidade do temporal. “Logo de início, montamos um comitê de crise para identificar os problemas e atuar. Tivemos apoio da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, polícias militar e civil, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e toda a equipe de secretários”, explicou.


Prefeita Cordélia Torres fez balanço dos estragos causados pelo temporal

“De imediato, retiramos algumas pessoas de casa e conseguimos identificar locais onde havia bueiros entupidos com lixo”, acrescentou. Devido à extensão dos danos causados pelo temporal, a prefeitura precisou alugar mais máquinas e contratar pessoal para atender a população afetada.


SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA – A situação de emergência foi decretada ainda no sábado, e publicada no Diário Oficial do município desta segunda-feira (29), através do Decreto nº 10.365. De acordo com a prefeita, a medida foi necessária porque o município não tem condições financeiras para atender toda a população atingida. “Vamos solicitar apoio junto ao governo do Estado e ao governo federal para que possamos atender toda a demanda, que é muito grande”, adiantou.


Cordélia pede que população também ajude as famílias que necessitavam

A prefeita pediu o apoio da população e de empresários para ajudar, através de doações, as famílias atingidas. Os pontos de entrega das doações são na CDL de Eunápolis, no Corpo de Bombeiros e nas secretarias municipais de Assistência Social e Educação. “Precisamos da ajuda de todos, da população, do governo federal, do governo estadual, para que possamos ajudar o povo de Eunápolis”, ressaltou.


.


Link curto: https://bit.ly/3xJs2oX

TÓPICOS:
Radar64

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu