Geral

Temporal: prefeita Cordélia cria comitê de crise e avalia decretar emergência

Comitê de crise é medida que se fez necessária para garantir a preservação do bem-estar da população e das atividades socioeconômicas dos locais atingidos

.

Radar64
28/11/2021 por RADAR64

Divulgação/Radar64Divulgação/Radar64

A prefeita de Eunápolis, Cordélia Torres, informou que avalia decretar situação de emergência no município em decorrência dos estragos provocados pela tempestade que ocorreu na noite deste sábado (27).


Cordélia esteve vistoriando diversas áreas da cidade que ficaram alagadas por causa da forte chuva. O primeiro local visitado foi a Feira do Bueiro, na região central, uma das áreas mais afetadas.


Logo após o temporal, a prefeita montou um comitê de crise, medida que se faz necessária para garantir a preservação do bem-estar da população e das atividades socioeconômicas dos locais atingidos.


“Montamos também uma força/tarefa para identificar as demandas e, a partir de hoje, podemos decretar situação de emergência em Eunápolis. Os secretários e os bombeiros já estão atuando junto a Defesa Civil para que as pessoas sejam atendidas. Vamos também ter que interditar algumas ruas”, afirmou a prefeita Cordélia.


Entre as ruas interditadas estão a Duque de Caxias e a Dom Pedro II, nas imediações da Feira do Bueiro. A enxurrada abriu uma enorme cratera em uma das vias. A rua São Bartolomeu, próximo ao Complexo Policial, no Santa Lúcia, também está interditada. Queda de barranco também fechou parcialmente a estrada que liga os bairros Minas Gerais ao Alecrim 2.


Logo após o temporal, a prefeita montou um comitê de crise com todos os secretários

A chuva, acompanhada de vento forte, provocou inundações, alagamentos, queda de cabos da rede elétrica e prejuízos em diversos bairros da cidade. Faltou energia em alguns deles.


Casas foram destelhadas e portões arrancados. Prédios públicos como escolas e postos de saúde também foram atingidos. Por causa da chuva, muitos moradores perderam móveis, resultando em objetos amontoados na rua.


“Bombeiros, Defesa Civil e as polícias já estão de prontidão. Todos estamos juntos, nas ruas, para atender a população“, frisou a prefeita.


O temporal começou de forma repentina no início da noite. Muitas pessoas estavam em bares assistindo a final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras. Mesas e cadeiras foram levadas pela correnteza.


No bairro Pequi, parte da estrutura do estacionamento do hipermercado Mineirão, inaugurado há menos de dois meses, desabou com a força dos ventos.


O show do cantor Thiago Aquino, que seria realizado no Espaço do Rondelli, também no Pequi, foi cancelado, pois o temporal derrubou parte da estrutura do palco e dos camarotes.


Os técnicos da Defesa Civil alertam que existem riscos diversos no período chuvoso, como queda de queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.


“Nós precisamos ajudar uns aos outros. Cuida do seu vizinho. Ajuda. Vê se ele está precisado de alguma coisa”, finaliza a prefeita.


.


Link curto: https://bit.ly/3194FJ3

TÓPICOS:
Radar64

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu