Educação

Plataforma virtual para professores e alunos já está em funcionamento

O conteúdo começou a ser disponibilizado aos alunos desde a última segunda-feira (6)

Informações: Sec. de Educação de Itagimirim
08/04/2020 por Redação, atualizado em 08/04/2020 às 22h25 por Redação

Através da plataforma, os professores acessam o ambiente e postam todo o conteúdo das aulas, vídeos de apoio, anexos com apostilas, imagens e documentos de texto. (Divulgação: Prefeitura de Itagimirim)Através da plataforma, os professores acessam o ambiente e postam todo o conteúdo das aulas, vídeos de apoio, anexos com apostilas, imagens e documentos de texto. (Divulgação: Prefeitura de Itagimirim)Os alunos da rede pública de Itagimirim, no sul da Bahia, estão recebendo aulas virtuais disponibilizadas em uma plataforma digital (www.smecel.com.br) com todo material preparado pelos professores da rede. O conteúdo começou a ser disponibilizado aos alunos desde a última segunda-feira (6), data do lançamento oficial da plataforma, quando foi apresentada durante uma reunião para a equipe técnica da Secretaria de Educação, diretores e coordenadores.

O objetivo do sistema é orientar e organizar a relação entre os professores e alunos. Através da plataforma, os professores acessam o ambiente e postam todo o conteúdo das aulas, vídeos de apoio, anexos com apostilas, imagens e documentos de texto. Do outro lado, na segurança dos seus lares, os alunos acessam seu painel e acompanham as aulas em um ambiente organizado como se estivessem seguindo os horários de aula no ambiente escolar. O aluno pode interagir, através de mensagens, em cada aula postada, e o professor responde às dúvidas como se estivesse em frente um ao outro. A frequência, tanto dos professores como dos alunos, também são registradas ao realizarem login no painel.

Para a equipe de coordenação, diretores e professores, essa nova metodologia, necessária durante esse processo de distanciamento social, assustou um pouco logo de início, mas após a implantação, todos estão demonstrando muita empolgação e entusiasmo, pois os alunos estão acessando o sistema, interagindo com mensagens e respondendo as atividades. “Estamos preparando material impresso com o mesmo conteúdo postado no sistema, para ser disponibilizado aos alunos que não possuem acesso à internet e nem podem agendar um horário para utilizar os computadores das escolas”, respondeu a coordenadora da Educação Infantil, Gildete Diniz. Os alunos do EJA e da Zona Rural também receberão o material.

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
De acordo com a diretora do Colégio Othoniel Ferreira, Aguivânia Araújo, o acesso dos alunos está sendo monitorado em tempo real, e após o período de divulgação para os alunos, será feito um levantamento daqueles que não fizeram nenhum acesso ao sistema. “A nossa escola, por ser a única do município que possui Ensino Fundamental das séries finais, é a que tem alunos mais velhos e mais familiarizados com as redes sociais, e isso facilita bastante a interação entre eles e os professores.”, destacou a diretora.

Para o secretário de educação, Rafael Amaral, todos os cuidados para a implantação do sistema estão sendo tomados, de modo que os alunos da rede sejam alcançados de alguma forma pela metodologia implantada, sendo por meio digital ou através de conteúdo impresso, diminuindo o impacto com a suspensão das aulas presenciais. “Já estávamos trabalhando com um sistema online nas escolas do município há cerca de dois anos, o que já facilitava o trabalho nas secretarias das escolas, e agora com a situação atual, resolvemos implantar de forma rápida, em nosso próprio sistema, o módulo Ambiente Virtual de Aprendizagem”, ressaltou o gestor da pasta, explicando que tudo fica registrado no sistema, e cada professor acompanha quais foram os alunos que acessaram as atividades.

A prefeita do município, Devanir Brillantino gostou muito da ideia e aprovou a utilização do sistema, pois está garantindo, junto aos trabalhos que já estão sendo realizados pela Secretaria de Saúde, que os alunos evitem sair de casa durante esse momento crítico enfrentado pela população. “Além de manter as crianças distantes das ruas durante o período de quarentena, a metodologia aplicada pela secretaria de educação fortalece o vínculo familiar, pois os pais podem auxiliar seus filhos durante as atividades postadas pelos professores”, destacou a gestora.

Link curto: https://bit.ly/2VgD9CP

TÓPICOS:
Plataforma Virtual itagimirim educação

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu