Geral

Pedreira irregular é interditada após inspeção em Itapebi

A interdição ocorreu por conta de irregularidades como atividade de mineração ilegal, condições inseguras de trabalho e uso não autorizado de explosivos

Fonte: G1 Bahia
24/04/2019 por Redação, atualizado em 24/04/2019 às 17h24 por Redação

Segundo o MPT, no local não havia sanitários, nem abrigo para a chuva ou o sol na frente de trabalho. (Divulgação/MPT-BA)Segundo o MPT, no local não havia sanitários, nem abrigo para a chuva ou o sol na frente de trabalho. (Divulgação/MPT-BA)Uma pedreira foi interditada na cidade de Itapebi, extremo sul da Bahia, por atividade de mineração ilegal, condições inseguras de trabalho e uso não autorizado de explosivos. A mina teve funcionamento interrompido após inspeção do Ministério Público do Trabalho (MPT), na manhã desta quarta-feira (24).

Segundo o MPT, no local não havia sanitários, nem abrigo para a chuva ou o sol na frente de trabalho. Além disso, os trabalhadores faziam as refeições em cima de pedras. O MPT afirmou, ainda, que os explosivos foram apreendidos pelo Exército, que também participou da inspeção.

De acordo com o órgão, o material era detonado de forma errada, sendo que os trabalhadores acendiam os explosivos e saíam correndo esperando a rocha ser detonada, correndo o risco de serem atingidos por pedras lançadas ao ar durante a explosão.

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
A pedreira fica na Fazenda Candial III, zona rural de Itapebi, e é operada pela empresa Zuk do Brasil Ltda, que comercializa materiais de construção em geral, além de produtos da extração mineral.

O MPT informou ainda que encontrou uma licença para uma mineradora concedida pelo município, mas o documento é permitido apenas para a União.

A partir da inspeção, um inquérito será aberto pelo MPT e a empresa será convocada para uma reunião onde será discutido um termo de ajuste de conduta.

Caso não haja um acordo, a empresa será responsabilizada em uma ação civil pública trabalhista, e um processo criminal, ambiental e administrativo será encaminhado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Link curto: http://bit.ly/2UxFeIp

TÓPICOS:
Pedreira irregular interdição itapebi

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu