Política

Comissão processante irá definir cassação ou absolvição de vereador

Comissão é composta por três vereadores

Informações: Imprensa na Net
26/02/2019 por Redação, atualizado em 26/02/2019 às 15h38 por Redação

Imagem: ReproduçãoImagem: ReproduçãoA sessão ordinária da Câmara Municipal de Itagimirim realizada na última segunda-feira, 25, teve como principal pauta, a denúncia que poderá cassar o vereador Saulo. Ex-presidente da Câmara de Itagimirim, Saulo foi denunciado por operação financeira irregular realizada em dezembro/2018, quando estava como presidente do legislativo de Itagimirim.

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
Após leitura da Ata e Ordem do Dia, o Presidente Júnior do Carmo instaurou o inquérito que irá decidir o futuro do vereador Saulo. Seguindo o regimento da interno Casa Legislativa, foi realizado sorteio que definiu os nomes da comissão processante que irá investigar a denúncia.

Comissão Processante

Vereador Elias José da Silva - Presidente

Vereador Júnior Andrade – Relator

Vereador Márcio Carvalho – Membro

O vereador Saulo alega que a operação que originou a denúncia ocorreu de forma legal e transparente, inclusive com parecer jurídico. Saulo havia comunicado que o denunciante não estava em dia com suas obrigações eleitorais, entretanto, foi constatado o contrário e a denúncia foi acatada.

Link curto: http://bit.ly/2U9t2hD

TÓPICOS:
Vereador cassação itagimirim

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu