Crimes

Menina de 15 anos é morta após se negar a ter relações sexuais com jovem de 19

Acusado confessou o crime. Eles se conheceram pelas redes sociais

Redação com informações do G1 Bahia
05/02/2019 por Redação, atualizado em 05/02/2019 às 16h27 por Redação

Vívia Soares foi estrangulada por um jovem que conheceu na internet. (Reprodução)Vívia Soares foi estrangulada por um jovem que conheceu na internet. (Reprodução)Um jovem de 19 anos foi preso nesta segunda-feira, 4, após confessar ter assassinado uma adolescente de 15 anos na cidade de Vereda, no extremo sul da Bahia. Daniel Max Santos de Jesus estrangulou a vítima após esta se recusar a ter relações sexuais com o ele.

Segundo a polícia, a vítima, Vívia Medeiros Soares, começou a ser procurada no domingo (3), quando o irmão dela comunicou o desaparecimento à polícia. Parentes e amigos iniciaram uma campanha nas redes sociais para tentar localizar a jovem.

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
Na segunda-feira, agentes das polícias Civil e Militar realizaram rondas pela cidade e encontraram Daniel Max, que era apontado como a última pessoa que esteve com a vítima. A PM informou que ele conversou com Vívia pelas redes sociais, onde eles se conheceram.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito tentou fugir, mas foi detido e conduzido até a delegacia do município, onde confessou o crime, indicando que matou a adolescente, e que o corpo estava enterrado na zona rural. Daniel declarou ter sofrido um ataque de fúria após a vítima negar o pedido dele para ter relações sexuais.

O suspeito indicou o distrito da Prata como o local onde havia enterrado o corpo de Vívia. A polícia foi até a região e encontrou o corpo da vítima com uma blusa amarrada no pescoço.

Daniel Max foi conduzido à carceragem da 8ª Delegacia de Teixeira de Freitas. O corpo da adolescente foi removido ao Departamento de Polícia Técnica da mesma cidade.

Link curto: http://bit.ly/2Bk2yCy

TÓPICOS:
Brutal assassinato vereda

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu