Geral

Jovem morre 8 anos depois de comer lesma e ter o corpo totalmente paralisado

Ele ingeriu o animal após ser desafiado por amigos

Redação com informações do G1
07/11/2018 por Redação, atualizado em 07/11/2018 às 18h22 por Redação

Tudo começou durante uma brincadeira com amgos. (Reprodução/Facebook)Tudo começou durante uma brincadeira com amgos. (Reprodução/Facebook)O ex-jogador de rúgbi Sam Ballard, de 28 anos, morreu em Sidney, na Austrália, após passar oito anos lutando contra uma doença provocada por um verme que contraiu após comer uma lesma. Sua morte foi confirmada na última sexta-feira, dia 2 de novembro.

Segundo a imprensa australiana, há oito anos, Ballard estava bebendo vinho durante uma confraternização com amigos, quando o grupo percebeu que uma lesma estava passando no chão. Neste momento, eles desafiaram o jovem e ele acabou comendo o animal vivo.

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
Sam só começou a se sentir mal após alguns dias, queixando-se de dores nas pernas. Em seguida, ele e a família consultaram um médico, que inicialmente suspeitou que o jovem de 19 anos sofresse de de esclerose múltipla, doença que acometeu o pai do rapaz.

Ballard, no entanto foi diagnosticado com meningite eosinofílica, que é uma das doenças causadas pelo verme Angiostrongylus cantonensis. A doença, geralmente não evolui para complicações, mas neste caso, a infecção provocou consequências graves, deixando Sam em coma por 420 dias e após este período todo o seu corpo estava paralisado.

Lesmas e caramujos são hospedeiros naturais desse parasita, que, muitas vezes, é contraído após esses moluscos consumirem fezes de rato. Não se sabe exatamente a espécie de lesma consumida pelo jovem, mas no Brasil, por exemplo, há registros de que o caramujo-africano possa transmitir meningite e esquistossomose.

Link curto: http://bit.ly/2OyPIV3

TÓPICOS:
Austrália morte lesma

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu