Crimes

Mulheres são presas por fazerem campanha eleitoral para o ex-presidente Lula

Acusadas entregavam santinhos que mostravam o nome de Lula como candidato à Presidência

Redação com informações do site SulBahia News
03/10/2018 por Redação, atualizado em 03/10/2018 às 18h08 por Redação

Mulheres estavam entregando panfletos de um candidato à deputado, onde Lula é apontado como candidato à presidência. (Reprodução: SulBahia News)Mulheres estavam entregando panfletos de um candidato à deputado, onde Lula é apontado como candidato à presidência. (Reprodução: SulBahia News)Três mulheres foram detidas na manhã desta quarta-feira, 3 de outubro, acusadas de estarem fazendo campanha eleitoral para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso desde o mês de abril. O Caso aconteceu na cidade de Itabela, no extremo sul da Bahia.

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
De acordo com as informações, as mulheres foram detidas em um bar enquanto entregavam panfletos de um candidato do PT (Partido dos Trabalhadores), onde o nome de Lula aparecia como candidato à Presidência da República.

Geane Alves dos Santos, Maria da Penha Barbosa da Silva e Roseni Barbosa da Silva Moreira, foram ouvidas pela polícia e afirmaram que foram recrutadas em Teixeira de Freitas, cidade onde moram, e que estavam em Itabela há 20 dias, período pelo qual receberiam R$ 400,00.

A candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva foi barrada pela justiça em conformidade com a Lei da Ficha Limpa, pois o ex-presidente se encontra preso desde o dia 7 de abril em Curitiba, no prédio da Superintendência Regional da PF no Paraná como resultado de uma condenação em segunda instância a 12 anos e um mês por corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato.

Link curto: http://bit.ly/2P5pb2E

TÓPICOS:
Prisão mulheres itabela lula

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu