Saúde

Governo prorroga campanha de vacinação contra a gripe devido à baixa procura

Este ano já foram registrados 2.715 casos da doença com 446 mortes

Redação com informações da Agência Brasil
14/06/2018 por Redação, atualizado em 14/06/2018 às 11h22 por Redação

Meta do governo é imunizar 90% do público alvo. (Imagem: Reprodução)Meta do governo é imunizar 90% do público alvo. (Imagem: Reprodução)O Ministério da Saúde decidiu prorrogar a campanha de vacinação contra a gripe até o dia 22 de junho. Inicialmente a campanha terminaria nesta sexta-feira (15).

*** TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ***
Segundo o governo, esta medida foi tomada devido ao baixo índice de comparecimento, com 77% do público alvo tendo sido imunizado, o equivalente a 42,6 milhões de pessoas. A meta do Ministério da Saúde era vacinar 54 milhões de pessoas, 90% do público alvo.

Em 2018 já foram registrados 2.715 casos de influenza (1.227 em 2017) com 446 mortes contra 204 no ano passado. Esses números e a proximidade do inverno, período de maior circulação do vírus da gripe, tem preocupado o ministério.

As pessoas que devem se vacinar são: idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a 5 anos, trabalhadores em saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes e mulheres que tenham tido filhos há 45 dias, bem como pessoas privadas de liberdade.

Link curto: http://bit.ly/2ybgNuf

TÓPICOS:
Gripe vacinação prorrogação

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu