Menu

MENU

Início Notícias Agenda Contato
PUBLICIDADE

Publicado: 17/11/2017, por Redação Atualizado: 17/11/2017 às 10h43, por Redação

Crimes

Homem é preso após invadir igreja e destruir imagens sacras em Itanhém

O acusado sofre de distúrbios psicológicos

Redação com informações do Portal A Tarde

Foto do site Água Preta NewsFoto do site Água Preta News

Um homem de 39 anos foi preso na manhã desta quinta-feira, dia 16, após invadir uma igreja e destruir imagens de anjos que estavam no altar. O ataque ocorreu na Igreja Matriz da cidade de Itanhém, no extremo sul do estado.

De acordo com o relato de Cláudio Mathias, secretário paroquial, um grupo de oito idosas participava de uma prece, quando o homem identificado com o sendo Valdemir Pereira Lima entrou no templo. Uma das mulheres ainda tentou conter o acusado, mas ele conseguiu fugir.

Durante o tumulto, uma vela que estava acesa no altar caiu e acabou queimando uma toalha, mas felizmente o fogo foi contido rapidamente. Apesar da destruição causada, ninguém ficou ferido.

A polícia foi acionada e Valdemir foi detido. Segundo informaram os policiais, o homem, que já tem passagens pela polícia, sofre de distúrbios mentais, o que poderia ter provocado o ataque.

Nosso número do WhatsApp: (73) 9 9910-1023
Através de nosso canal no WhatsApp, você poderá enviar perguntas, sugestões, relatos, além de áudio, fotos ou vídeos que poderão virar notícia no site após apuração de nossa equipe. Fique ligado com a redação do RASTRO101!

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Ataque igreja itanhém Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



  • Quem somos
  • Editorial
  • Privacidade

  • RASTRO101
    © COPYRIGHT 2011-2018 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.