Menu

MENU

Início Notícias Agenda Contato
PUBLICIDADE

Publicado: 26/07/2017, por Redação Atualizado: 26/07/2017 às 10h34, por Redação

Acidentes

45% dos microempresários rurais baianos usam smartphones para acessar a web

A comunidade de índios Pataxós de Coroa Vermelha, no Extremo Sul baiano, dobrou número de vendas depois que passou a utilizar smartphones e internet.

Agência Sebrae de Notícias Bahia

(Foto: Sebrae Divulgação)(Foto: Sebrae Divulgação)

Em estudo divulgado nesta terça-feira (25), Dia do Produtor Rural, o Sebrae mostra que 45% dos donos de microempresas rurais da Bahia usam smartphones para acessar a web. Os principais fatores que levam os produtores rurais baianos a acessarem a internet no seu negócio rural são: uso de e-mail (77,4%); pesquisa de preço/fornecedores (61,3%); serviços financeiros (45,2%); compra de insumos ou mercadorias (38,7%); e serviços do governo (35,5%). A pesquisa nacional foi feita com 4.467 produtores rurais de 27 estados para conhecer a relação entre os pequenos produtores rurais e as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).

Esse processo de modernização contribui de forma significativa para aumento da produtividade e da gestão profissional nos empreendimentos baianos. É o caso da Associação de Pescadores Indígenas Pataxó (APIP), de Coroa Vermelha, Extremo Sul do Estado, que há cerca de 4 anos passou a utilizar tablets, smartphones, computador e a ter acesso a internet para alavancar o negócio e atender mais clientes. “Facilitou muito desde que passamos a ter essas ferramentas, porque dobramos as vendas e aprendemos a utilizar tudo a nosso favor”, detalha a coordenadora do grupo, Luena Ferreira.

Reprodução: InternetReprodução: Internet

“Usamos ligação de celular e o WhatsApp. Tiro foto dos produtos disponíveis e já mando para o cliente para fechar negócio”, completa Luena. Pelo computador, ela conta que monitora desde o fluxo de caixa até controle de barcos e de membros participantes. É pelos grupos do WhatsApp que Luena se comunica com os associados e com comunidades pesqueiras de Belmonte, Cabrália, Porto Seguro, entre outras. A ferramenta funciona para avisos de reuniões para alinhamentos estratégicos e até convocação para iniciativas mobilizadoras em favor da atividade pesqueira tradicional na região.

“O momento atual exige esse alinhamento com as novas tecnologias, o que favorece no acesso a informações para tomada de decisões, melhoria das boas práticas de gestão, acesso a novos nichos de mercado, entre outras vantagens competitivas”, detalha a coordenadora de Agronegócios da Unidade de Atendimento Coletivo do Sebrae Bahia, Adriana Moura. O Sebrae contribui para aproximar o produtor rural desses conteúdos, por meio de soluções a distância (cursos e consultorias).

Dados do IBGE revelam que a Bahia tem cerca de 586 mil produtores rurais (incluídos os da agricultura familiar), correspondendo a 13% do país.

Nosso número do WhatsApp: (73) 9 9910-1023
Através de nosso canal no WhatsApp, você poderá enviar perguntas, sugestões, relatos, além de áudio, fotos ou vídeos que poderão virar notícia no site após apuração de nossa equipe. Fique ligado com a redação do RASTRO101!

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Sebrae tecnologia microempresas Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



  • Quem somos
  • Editorial
  • Privacidade

  • RASTRO101
    © COPYRIGHT 2011-2018 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.